Autista alcança maior posto de escoteiro, após tratamento inovador

Foto: reprodução NBCFoto: reprodução NBC

Um jovem autista, que tinha dificuldades para se relacionar, conseguiu atingir o nível mais alto de escoteiro nos EUA, após um tratamento inovador.

Timmy Hartgate, de 21 anos, se tornou um ‘Eagle Scout’, título que é dado a apenas 4% dos escoteiros do país a cada ano.

Timmy tem autismo quase não verbal, ou seja, ele tinha dificuldades de comunicação. Foi então que teve ajuda de terapeutas para aprender a se comunicar com colegas.

O tratamento

Terapeutas de uma clínica especializada em Cleveland usaram um dispositivo acionado por fala para ensinar Timmy a digitar palavras e também a se comunicar com respostas pré-programadas em seu tablet.

Segundo Phoebe Mason, uma das terapeutas, fotos de todos os escoteiros de seu grupo foram cadastradas no tablet de Timmy, para que ele pudesse reconhecer os colegas e passasse a trabalhar com eles em um projeto desenvolvido em uma escola.

Dan Kosareo, que é lider da tropa de Timmy explica que os colegas não têm problemas para lidar com o jovem.

“Eles estão cientes de sua situação, mas são muito receptivos. Estou muito orgulhoso do que ele conquistou e do que ele fez”, afirmou.

Segundo o pai dele, Ed, a vontade de conquistar o nível avançado no escotismo foi um enorme estímulo na terapia do filho.

Timmy recebe ajuda de terapeutas

Timmy recebe ajuda de terapeutas

Foto: arquivo pessoal

Foto: arquivo pessoal

Com informações do G1

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.