Geração Y come menos carne e açúcar por ética, saúde e meio ambiente

Geração Y - Fotos: PixabayGeração Y - Fotos: Pixabay

Uma nova pesquisa feita com a chamada geração Y americana – também chamada geração do milênio, geração da internet, ou milênicos (do inglês: Millennials) – descobriu que a relação dessas pessoas com os alimentos é diferente das gerações anteriores.

Nascida entre o início dos anos 80 e final de 1990, a geração Y tem hoje entre 20 anos e 39 anos.

É uma geração que, em parte, prefere comida saudável, evita carne, açúcar, carboidratos e prefere alimentos à base de frutas, verduras e legumes.

A dieta

Pelo menos 6 em cada 10 delas (57%) fazem uma dieta especial e explicam os motivos:

44% alegam que tomaram a atitude porque é melhor para o meio ambiente, enquanto 37% dizem que é mais ético.

A pesquisa, encomendada pela produtora de alimentos vegetarianos e vegetais Sweet Earth Foods e conduzida pela OnePoll, ouviu 2.000 pessoas da geração Y.

Menos carne

A geração do milênio disse que faz 17 ajustes ou mudanças em sua dieta por ano, entre elas comer alimentos mais saudáveis (46%), evitar açúcar / carboidratos (41%) e concentrar-se mais em alimentos à base de plantas (36%).

Isso representa um terço (34%) dos participantes que reduziram o consumo de carne.

Nem todos os millennials estão optando por comer fora. Alguns não vão com mais frequência por falta de tempo (37%) ou por falta de dinheiro (37%), enquanto 42% dos millennials relatam comer mais saudável quando cozinham para si mesmos.

Três quartos (74%) dos que seguem uma dieta especial acham mais difícil comer em restaurantes.

Orgânicos

Quando se trata do que comem, as principais prioridades dos millennials são o custo (48%), com nutrientes (46%) e sem aditivos artificiais nos alimentos (40%).

Isto é seguido por alimentos orgânicos (39%) e com base em vegetais (37%).

“Encontrar comida deliciosa à base de plantas deve ser fácil e acessível”, disse Kelly Swette, CEO e cofundadora da Sweet Earth.

“Sabemos que a geração do milênio é inteligente e preocupada com a saúde e achamos que seus gostos variáveis refletem nossa missão de sustentar a terra e um corpo saudável e cultivar uma mente e um paladar curiosos. ”

Motivos da geração Y para seguir dieta especial
1. Mais saudável para o meu corpo 67%
2. Trabalho para perder peso 53%
3. Preocupações com problemas de saúde / doenças 48%
4. Melhor para o meio ambiente / mais sustentável 44%
5. Mais ético 37%

Gastos

A geração do milênio dedica pelo menos um mês e meio por ano à comida – o equivalente a 1.140 horas – tempo gasto na preparação de refeições e na culinária para comer fora, de acordo com os participantes.

Os resultados também descobriram que os millennials gastam por ano no supermercado US $ 2.242 e US $ 1.672 jantando.

A média é vai respectivamente de US $ 187 e US $ 139 (de R$ 748 e R$ 556) por mês.

Eles também experimentam uma média de 46 novos alimentos.

Espetinho vegano - Foto: Pixabay

Espetinho vegano – Foto: Pixabay

Salada sortida - Foto: Pixabay

Salada sortida – Foto: Pixabay

Com informações do GNN

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.