Violoncelista toca para animais abandonados em abrigo. Vídeo

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

Uma violoncelista tem um método diferente e especial de cuidar de animais abandonados: levar música ao lugar.

Cheryl Wallace realiza vários miniconcertos de forma voluntária para ajudar cães e gatos a se recuperar do estresse da própria condição em que foram deixados.

Apesar de ser famosa em apresentações para plateias humanas, foram nestes pequenos espetáculos, em especial na Sociedade Humanitáriaem Papillion, Nebraska, EUA que ela encontrou maior satisfação.

Quando Cheryl chega ao abrigo, os cães geralmente latem e latem alto. Minutos depois que ela começa a tocar violoncelo, os filhotes se acalmam. Alguns até ficam tão relaxados que dormem!

Segundo Cheryl, a chave é tocar a música “num volume mais baixo e devagar”, com notas mais profundas com um ritmo lento.

Isso ajuda os cães a se acalmarem e cochilarem.

Mesmo aqueles que não dormem ficam encantados e até hipnotizados com os sons suaves e aconchegantes.

Mudanças

Em seu site , Cheryl diz que “viu mudanças comportamentais em cães selvagens” enquanto tocava violoncelo para eles.

“Um saiu pela primeira vez do esconderijo, e outro permitiu que um profissional de saúde fizesse carinho nele pela primeira vez.”

Cheryl está oferecendo a esses cães um presente muito maior do que apenas música.

Ela está permitindo que eles encontrem a paz, o que criará uma vida mais feliz para eles em geral.

O Dr. Mike Rukstalis, veterinário e proprietário do Papillion Animal Hospital, disse que a música clássica está ligada a comportamentos mais calmos e relaxados em animais que vivem em abrigos estressantes ou em ambientes de resgate de animais.

“Existem alguns estudos que mostraram que tocar música – e especificamente música clássica – pode realmente acalmar os animais e diminuir a resposta ao estresse em um ambiente como um abrigo ou um resgate”, disse Rukstalis.

Wallace sabe que existem outros músicos por aí que amam os animais, e espera que a história dela inspire outras pessoas a se voluntariarem para se apresentar em seus abrigos locais também.

“Cabe a nós falar por eles”, disse ela.

Assista:

Com informações do Inspire More

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.