Charge do SóNotíciaBoa entra para livro didático de escolas públicas

Charge no livro didático - Fotos: Arisson TavaresCharge no livro didático - Fotos: Arisson Tavares
Notícia boa para informar e formar cidadãos melhores. Um cartum do Só Charge Boa, do SóNotíciaBoa, ultrapassou os limites virtuais e agora ganha um espaço físico para contribuir com a educação jovens e adultos de todo o Brasil.
O cartum “Julgar menos, aceitar mais”, publicado em julho de 2018, foi selecionado para o livro “Singular e Plural – Leitura Produção e Estudos de Linguagem”, que faz parte do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD).
A obra, da Editora Moderna, será distribuída para alunos do oitavo ano de escolas públicas do Brasil em 2020.
Importância
O professor de português Jhonathan de França (foto acima) diz que a utilização de gravuras, charges e tirinhas em livros didáticos faz toda diferença na fixação do conteúdo.
“Acredito que são recursos preciosos para chamar a atenção e fazer com que o ato de aprender e ensinar seja uma tarefa mais prazerosa, uma vez que se torna mais lúdica”, destaca.
Jhonathan dá aula no Centro de Ensino Fundamental 02 do Riacho Fundo II – a 35 km de Brasília – a mesma cidade onde o cartunista Arisson Tavares mora e cria os posts do Só Charge Boa.
“Fico muito emocionado ao ver a repercussão da editoria. Ao criar cada cartum, busco passar algo positivo por meio do cotidiano e do humor. A gente depara com muita notícia de violência nas escolas e se sente realizado em levar uma mensagem de paz por meio da arte. Desejo que os alunos vejam a ilustração e pratiquem, julgando menos e aceitando mais”, comenta o artista.
História
O Só Charge Boa foi lançado em junho de 2018 e usa a força das ilustrações para fazer críticas construtivas e levar reflexões e mensagens positivas para animar e inspirar o dia dos leitores.
Menos de um ano depois do lançamento, o projeto foi finalista da 52ª edição do Prêmio de Comunicação da CNBB na categoria “Portal, sites e blogs”.
“É um orgulho pra gente imortalizar em um livro, um trabalho criado para o SóNotíciaBoa,”, disse o criador do portal, o jornalista Rinaldo de Oliveira.
“A charge sempre teve a função de provocar as pessoas e nós usamos essa mesma forma de expressão com um viés positivo. O legal é que além de provocar o leitor, a charge do Arisson inspira, faz refletir, questiona preconceitos, dogmas e lembra que somos todos iguais, apesar de tantas diferenças religiosas, culturais, sexuais, políticas, raciais e sociais.”, concluiu Rinaldo.
Veja a charge selecionada para o livro:
Charge selecionada para o livro didático - Arte: Arisson/SnB

Charge selecionada para o livro didático – Arte: Arisson/SnB

Por Andréa Fassina, da redação do SóNotíciaBoa

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.