Comer cogumelos 3 vezes por semana reduz risco de câncer de próstata

Foto: PixabayFoto: Pixabay

Comer cogumelos três vezes por semana reduz a chance de desenvolver câncer de próstata em quase um quinto.

De acordo com um novo estudo publicado no International Journal of Cancer, os cogumelos contêm compostos que suprimem um hormônio masculino que promove o crescimento do câncer de próstata.

O poder dos fungos no combate ao câncer foi destacado por pesquisadores japoneses.

Pesquisas anteriores em culturas de células de laboratório do Hospital City of Hope, perto de Los Angeles, descobriram que o extrato de cogumelos brancos suprimia o hormônio masculino diidrotestosterona (DHT), que promove o crescimento do câncer de próstata.

Pesquisa

Eles estudaram mais de 36.000 homens, com idades entre 40 e 79, mais de 13 anos para a pesquisa.

Mesmo ingerindo uma ou duas vezes por semana houve a redução em oito por cento, disseram os pesquisadores.

Mas aqueles que comeram cogumelos três vezes por semana reduziram seu risco em 17%.

O efeito apareceu especialmente em homens com 50 anos ou mais e naqueles com uma ingestão relativamente baixa de frutas e vegetais, bem como uma alta ingestão de carne e laticínios.

“Os participantes que consumiram cogumelos com mais frequência tendem a ser mais velhos, têm um histórico familiar de câncer, passam mais tempo caminhando e têm uma maior ingestão de carne, legumes, frutas, laticínios e energia. Eles também eram menos propensos a serem fumantes atuais”, disse  o principal autor Shu Zhang,  estudante de doutorado da Escola de Saúde Pública da Universidade Tohoku no Japão.

Ela acrescentou, no entanto, que “o mecanismo dos efeitos benéficos dos cogumelos no câncer de próstata permanece incerto”.

O câncer de próstata é considerado o segundo câncer mais comum e a quinta principal causa de morte por câncer nos homens.

Embora não exista cura, hábitos alimentares saudáveis têm sido sugeridos como forma de diminuir o risco.

Os cogumelos têm uma longa história de uso em medicamentos asiáticos, mas os benefícios potenciais à saúde só surgiram nas últimas décadas, com um número crescente de estudos sugerindo que eles poderiam ajudar a anti-inflamação e antioxidação.

Zhang acrescentou:

“Como não foram coletadas informações sobre espécies de cogumelos, é difícil saber quais cogumelos específicos contribuíram para nossas descobertas.”

Com informações do Daily Mail

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.