Engenheiros criam boné que pode reverter a calvície

Xudong Wang, professor de ciência e engenharia de materiais da UW-Madison Foto: UWMXudong Wang, professor de ciência e engenharia de materiais da UW-Madison Foto: UWM

Engenheiros da Universidade de Wisconsin-Madison, nos EUA, criaram um boné para estimular o crescimento de cabelos, evitar e reverter a calvície.

Eles publicaram publicaram como funciona a tecnologia – não invasiva e de baixo custo – na revista ACS Nano.

“Acho que será uma solução muito prática para a regeneração capilar”, diz Xudong Wang, professor de ciência e engenharia de materiais da UW-Madison.

Como

Baseada em dispositivos que coletam energia do movimento diário do corpo, a tecnologia de crescimento capilar estimula a pele com pulsos elétricos de baixa frequência, que estimulam os folículos adormecidos para reativar a produção capilar.

Pequenos dispositivos chamados nanogeradores coletam passivamente energia dos movimentos do dia-a-dia e depois transmitem pulsos de eletricidade de baixa frequência à pele.

Essa estimulação elétrica suave faz com que os folículos adormecidos “acordem”.

“Os estímulos elétricos podem ajudar muitas funções corporais diferentes”, diz Wang.

“Mas antes do nosso trabalho, não havia uma solução realmente boa para dispositivos de baixo perfil que proporcionassem estímulos suaves, mas eficazes”.

Os dispositivos não fazem com que os folículos capilares brotem novamente na pele lisa, mas reativam estruturas que produzem cabelos que ficaram inativos.

Isso significa que eles poderiam ser usados como uma intervenção para pessoas nos estágios iniciais da calvície.

Eficácia

Como os pulsos elétricos são muito suaves e não penetram mais fundo do que as camadas externas do couro cabeludo, os dispositivos não causam efeitos colaterais desagradáveis.

Essa é uma vantagem marcante sobre outros tratamentos de calvície, como o medicamento Propecia, que acarreta riscos de disfunção sexual, depressão e ansiedade.

Testes

Em testes feitos em ratos sem pêlos, os dispositivos estimularam o crescimento do cabelo com a mesma eficácia que dois compostos diferentes encontrados nos medicamentos para calvície.

“É um sistema auto-ativado, muito simples e fácil de usar”, diz Wang.

“A energia é muito baixa e, portanto, causará efeitos colaterais mínimos.”

Bateria

Como os dispositivos são alimentados pelo movimento do usuário, eles não exigem uma bateria volumosa ou componentes eletrônicos complicados.

Eles são tão discretos que podem ser usados como um boné de beisebol comum, graças a Wang, que é um especialista mundial em design e criação de dispositivos de captação de energia.

Ele foi pioneiro em bandagens elétricas que estimulam a cicatrização de feridas e um implante para perda de peso que usa eletricidade suave para fazer com que o estômago se sinta cheio.

Foto: Alex Holloway / UW-Madison

Foto: Alex Holloway / UW-Madison

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.