Apego de gato pelo dono é similar ao que bebês sentem pelos pais

Foto: PixabayFoto: Pixabay

Tem gente que não gosta de gatos, mas talvez eles sejam incompreendidos. Um estudo da Universidade do Estado do Oregon, nos EUA, mostra que, apesar de nem sempre demonstrarem, os felinos têm uma apego emocional muito grande com seu cuidador, tão forte quanto o desenvolvido por um cachorro, ou mesmo por uma criança.

Na pesquisa, publicada no periódico Current Biology, os cientistas fizeram com gatos um teste geralmente aplicado a bebês e cães.

Eles descobriram que apesar de serem independentes, se limparem sozinhos, não pedirem por atenção toda hora e terem um temperamento meio “blasé”, os gatinhos não são insensíveis aos donos, como se diz.

Os testes

O experimento foi dividido em três partes: na primeira, o gato passou dois minutos em uma sala desconhecida junto com seu cuidador; na segunda, o felino ficou dois minutos sozinho nessa mesma sala e, na terceira, o dono retornou para mais dois minutos com o animal.

Nas duas primeiras fases do teste, a grande maioria dos gatos teve as mesmas reações: ficaram com seus donos durante os primeiros dois minutos, e demonstraram certa estranheza ou curiosidade sobre o lugar nos minutos em que estavam sozinhos. A terceira fase foi a que realmente mostrou resultados.

“Os gatos reagiram de três formas, basicamente. Vários deles “cumprimentaram” seus donos e seguiram explorando o ambiente de forma mais tranquila do que antes. Os mais inseguros deixaram de explorar o lugar e ficaram agarrados aos donos, outros evitaram o dono quando ele retornou”.

A maioria (dois terços) estava no primeiro grupo, o que demonstrou menos estresse com a presença do criador.

É a mesma proporção que se encontra quando o teste é aplicado a cachorros e bebês.

Assim, dá para dizer que os gatos são tão apegados aos seus “pais humanos” quanto cães e crianças pequenas.

Com informações da Super

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.