Emma Watson lança canal para ajudar mulheres vítimas de assédio no trabalho

Emma Watson - Foto: InstagramEmma Watson - Foto: Instagram

A menina que viveu Hermione em Harry Potter, hoje é uma mulher que ajuda outras mulheres. A atriz Emma Watson lançou neste semestre um canal para dar aconselhamento jurídico gratuito a mulheres que sofrem assédio no local de trabalho.

linha direta, disponível para mulheres na Inglaterra e no País de Gales, funciona às segundas e terças-feiras em colaboração com o Fundo de Justiça e Igualdade da Time’s Up no Reino Unido.

“Compreender quais são seus direitos, como você pode reivindicá-los e as opções que você tem se tiver sofrido assédio é uma parte vital da criação de locais de trabalho seguros para todos. E essa linha de aconselhamento é um desenvolvimento grande para garantir que todas as mulheres são apoiadas, onde quer que trabalhemos ”, disse a atriz.

Pesquisas mostram que 50% das mulheres sofrem assédio sexual no trabalho, embora apenas 1 em cada 5 se sinta à vontade para denunciar recursos humanos.

Como

O aconselhamento jurídico da linha direta será fornecido pela equipe jurídica da Rights of Women e por advogadas voluntárias.

As mulheres que telefonarem terão aconselhamento jurídico especializado sobre qual comportamento constitui assédio sexual, como apresentar queixa contra o empregador e como fazer uma reclamação no Tribunal do Trabalho.

A linha de aconselhamento é financiada pelo Fundo de Justiça e Igualdade do Time’s Up no Reino Unido, gerenciado pelo Fundo Britânico para Mulheres e Meninas, e é impulsionada por doações de outras celebridades como Emma Watson, que doou US $ 1,2 milhão ao projeto.

Único serviço

Ela publicou uma declaração no lançamento da linha direta, dizendo: “É surpreendente pensar que este é o único serviço desse tipo, uma vez que a pesquisa descobriu que uma em cada duas mulheres sofre assédio sexual no local de trabalho.

“Finalmente, parece que as pessoas estão percebendo a escala do problema, e certamente espero que, com padrões globais, como o recente tratado da Organização Internacional do Trabalho sobre assédio no trabalho, começaremos a ver um novo clima de prevenção e prestação de contas sobre esta questão no mercado interno.

Com informações do GNN

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.