Homem supera depressão como manicuro e faz sucesso

Robson Barbosa aplicando unhas - Fotos: InstagramRobson Barbosa aplicando unhas - Fotos: Instagram

Um brasileiro conseguiu superar a depressão e o preconceito e hoje é feliz como manicuro, aplicando unhas postiças em mulheres.

Robson Aparecido Barbosa, de 42 anos, era vigilante e a tristeza começou nos anos em que trabalhou na área da segurança.

Depois de uma tentativa de suicídio, uma psicóloga o orientou a fazer algum tipo de trabalho manual, algo que ocupasse a cabeça.

“Para não ficar sozinho em casa, eu comecei a ajudar a minha esposa com as clientes. Tirava o esmalte de uma, lixava a unha da outra. Foi assim, aos poucos, que eu fui aprendendo a fazer unhas”, disse ao Gazeta do Povo.

Na garagem

Há três anos, o ex-vigilante embeleza as unhas de clientes no Boqueirão, em Curitiba com ajuda da esposa Vanessa Maceno, de 37 anos.

Eles trabalham na garagem de casa em um pequeno salão especializado em unhas postiças de acrílico, gel e fibra de vidro.

Quando a agenda lota, os dois chegam a atender até 16 clientes num mesmo dia. Eles cobram de R$ 70 a R$ 100 para colocar unhas postiças.

A dedicação no ofício fez com que Barbosa se tornasse o preferido das clientes.

“Tem meninas que atravessam a cidade, vêm do Batel, de Fazenda Rio Grande, até aqui para fazer as unhas comigo”, contou o profissional.

Muitas delas fazem a colocação e manutenção da unha postiça só com Robson, desde que ele começou.

Vergonha

No começo, Robson confessa que tinha vergonha.

“Eu tinha um preconceitozinho em dizer que fazia unha, pensava que esse trabalho não era para homem – mas isso é pura bobagem”, afirmou.

Quem já visitou um salão de beleza sabe que, além de fazer as unhas, boa parte das mulheres usa o momento para desabafar – quase como um divã. Para o manicuro, a conversa tem sido como uma terapia.

Ele aprendeu a sorrir no trabalho e vencer aos poucos a depressão.

“Como vigilante não tinha muita conversa, no máximo, eu conversava com o supervisor. Serviço era sempre à noite, ficava quieto, fazia cara de mau”, explicou.

E hoje, mesmo que ele tente fazer cara de bravo, suas clientes logo lhe arrancam um sorriso largo.”

Ciúmes

Vanessa diz que não sente ciúmes do marido com as clientes.

“Eu nunca cheguei a chamar atenção dele, até porque ele me passa segurança. Já aconteceu de uma ou outra chegar com graça, mas ele sempre foi muito profissional diante das meninas”, contou.

Para divulgar o trabalho, Robson tem uma conta no Instagram e um WhatsApp as clientes marcarem horário: (41) 99628-8616.

Assista como ele trabalha:


View this post on Instagram

Dando um trato na Patroa 😎 #unhasdegel #stiletto @nailsbyvanessamaceno

A post shared by Robson Barbosa (@manicuro_) on

Com informações do GazetaDoPovo

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.