Colírio para vista cansada pode substituir óculos de leitura para adultos

Colírio para vista cansada - Foto: reprodução / GNNColírio para vista cansada - Foto: reprodução / GNN

Em breve os óculos para leitura serão coisa do passado. Um colírio em fase de testes em Israel conseguiu corrigir a presbiopia – distúrbio da visão que ocorre após os 45 anos no cristalino e faz as pessoas perderem a nitidez de letras e objetos que estão próximos.

O colírio corretivo foi anunciado no início deste mês pela Orasis Pharmaceuticals.

“A conclusão bem-sucedida do estudo da Fase 2b é um marco significativo para Orasis. Ficamos encorajados por esses resultados e pelo potencial do CSF-1 de melhorar a qualidade de vida das pessoas com presbiopia ”, afirmou Elad Kedar, CEO da Orasis.

De acordo com a empresa, o colírio demonstrou com sucesso uma melhoria estatisticamente significativa na correção da visão.

Além disso, as gotas também demonstraram boa segurança e tolerância.

Fim dos óculos?

“O CSF-1 pode potencialmente aliviar o fardo dos óculos de leitura e oferecer uma solução significativa para bilhões de pessoas que vivem com miopia relacionada à idade em todo o mundo”.

O estudo da Fase 2b foi um ensaio clínico multicêntrico e com dupla máscara que avaliou a eficácia e a segurança das gotas em 166 participantes em vários centros de pesquisa nos EUA.

Kedar disse à Forbes que as gotas, que são feitas de produtos químicos que já são encontrados em medicamentos comuns para os olhos, demonstraram reverter imediatamente a miopia por várias horas.

Próxima fase

“Agora temos todos os preparativos relevantes para iniciar a fase 3 o mais rápido possível”, explicou Kedar.

“Os resultados foram consistentes. Estamos realmente empolgados com os próximos passos e trabalhando para colocar o produto completo no mercado o mais rápido possível”, concluiu.

Com informações do GNN

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.