Paul McCartney doa música contra testes em animais e vira desenho

Foto: PETA.org./megaFoto: PETA.org./mega

O ex-Beatle Paul McCartney, de 77 anos, virou desenho animado e doou uma canção de protesto, que fez em 1993, para pedir o fim dos testes de produtos em animais. (vídeo abaixo)

O novo videoclipe da PETA, um grupo que prega o direito dos animais, usa a canção Looking for Changes – “procurando por mudanças”, em tradução livre.

Paul, que há muito tempo lidera as campanhas da PETA, disse: ‘Estou procurando por mudanças que levem ao momento de tirar animais dos laboratórios’.

E alertou: ‘As experiências com animais não são éticas. Elas são um fracasso colossal e uma perda de tempo e dinheiro. Nós podemos e devemos fazer melhor”, afirmou o cantor e compositor.

O vídeo

O vídeo animado mostra gatos, coelhos e macacos sendo submetidos a testes rigorosos e comoventes em um laboratório financiado pelo governo.

De repente, os animais são libertados, antes que o desenho animado de Paul venha com seu violão para continuar cantando a música.

Aí, até o cientista que faz os testes veste a camisa ‘Eu mudei’ e começa a seguir Paul.

Vegetariano

Paul McCartney juntou-se a artistas como The Black Keys, Sia e Morrissey ao doar suas músicas para a PETA.

Ele é vegetariano desde 1975, depois de ver cordeiros em um campo, enquanto ele e sua falecida esposa Linda comiam uma refeição onde consumiam cordeiro.

Ele também é o criador de ‘Meat Free Mondays e narrou o chocante documentário da PETA Glass Walls, que lança uma luz sobre o tratamento cruel dado a animais de estimação.

Assista:

Com informações do DailyMail

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.