Menina do interior é selecionada para o Ballet Boshoi em SC

Luna na seletiva - Foto: Franciele Fedrigo Ferronato/Arquivo PessoalLuna na seletiva - Foto: Franciele Fedrigo Ferronato/Arquivo Pessoal

A menina Luna Fedrigo Ferronato, de 11 anos, moradora da pequena cidade de Pranchita, no sudoeste do Paraná, foi selecionada para estudar na Escola do Teatro Bolshoi, em Joinville, em Santa Catarina.

A companhia de dança é uma das maiores do mundo e a escola é a única que fica fora da Rússia.

Foi a primeira vez que Luna Ferronato participou da seleção. O índice de candidatos por vaga chegou a 116.

“Fiquei tremendo, é muita emoção. Não tem como perder uma chance dessa. Tem tanta gente que faz o teste várias vezes e não consegue. Eu só pensava que queria dar o meu máximo. Mas tinha muitas meninas e foi mesmo um choque quando descobri que passei”, contou ao G1.

Na cidade onde mora, que tem seis mil habitantes, não tem escola de dança e, por isso, a aprovação é mais significativa.

“Aqui na minha cidade não conhecem a cultura do balé. Se eu conseguir carregar essa cultura comigo vai ser uma conquista muito grande”, explicou.

A mãe, Franciele Fedrigo Ferronato, disse que a família está estudando a ideia de mudar de estado pelo futuro da pequena.

As aulas de balé clássico começam em 2020, em Joinville.

De acordo com a criança, a escola de balé onde ela estuda não é grande.

A professora de dança Tainara Oliveira contou que o centro de artes surgiu por causa do incentivo de muitas pessoas.

“Para nós foi um presente. Eu fico muito orgulhosa, porque ela saiu de uma escola pequena. Luna ter saído daqui, de uma cidade do interior, vai ser exemplo para incentivar outros alunos”, concluiu.

A vitória de Luna -  Foto: Franciele Fedrigo Ferronato/Arquivo Pessoal

Com informações do G1

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.