Noiva “que nunca mais andaria”, entra na igreja caminhando. Assista!

Emma caminha na igreja - Foto: Your Story Studios / SWNSEmma caminha na igreja - Foto: Your Story Studios / SWNS

Com determinação e muito treinamento uma noiva conseguiu se superar. Médicos disseram a Emma Kitson que ela nunca mais voltaria a andar depois de esmagar a coluna, trabalhando na Artilharia Real.

Mas ela surpreendeu a todos quando entrou na igreja caminhando no dia do casamento, informou esta semana o Metro.

Emma, de 35 anos, ingressou no exército quando tinha apenas 18 anos e serviu no Iraque em 2003.

Ela não percebeu que as balas de 45 quilos para tanques, que carregava nas costas, estavam danificando lentamente a coluna.

Aos 21 anos, quando a dor nas costas se tornou demais para suportar, ela deixou o exército. Há sete anos ela foi operada, mas quando Emma acordou da cirurgia, ela não sentia mais a perna esquerda. Desde então, virou cadeirante.

Casamento

Quando seu parceiro, o treinador de natação Chris Kitson, de 38 anos, pediu Emma em casamento, ela decidiu entrar na igreja sem a cadeira de rodas.

A ex-militar dedicou horas de treinamento para fortalecer as pernas, para que conseguisse caminhar até o altar, uma distância de quase 10 metros.

Surpresa

Emma não contou a ninguém sobre seus planos, incluindo o futuro marido, então todos ficaram surpresos ao vê-la andar no dia.

Ela conseguiu andar pelo corredor com o pai e o filho ao seu lado, e depois teve o marido como apoio no caminho de volta.

Emma também tomou medicamentos para ajudar com a dor.

“‘Pensei comigo mesma: Se estou em uma cadeira de rodas pelo resto da vida, não me importo, porque posso dizer que caminhei até Christopher e depois caminhei com ele para fora da igreja, e esse é o sonho de todo mundo”, afirmou.

O treinamento

Emma se esforçou muito e conseguiu ficar 29 segundos andando na esteira, durante os treinos.

Ela está acostumada a forçar seus limites.

Emma participou dos Jogos Invictus do Canadá de 2018 do ano passado e ganhou três medalhas de ouro na natação e uma de bronze no levantamento de peso, e conheceu Chris como resultado.

Sua jornada no fitness começou quando ela entrou nos Jogos Guerreiros, um evento poliesportivo para veteranos feridos, feridos ou doentes e veteranos organizados pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos, em 2014.

Enquanto treinava para os Jogos Invictus, ela conheceu Chris. Ela diz que ele a fez sentir como ‘a vida valeu a pena ser vivida novamente’.

O casal agora vive em Halifax, no Canadá, com sua filha Charlotte, três, e os filhos de Emma de um relacionamento anterior, Kiera, 14 anos, e Archie, 10.

“Agora estou mais ativa do que nunca e meus filhos também estão alcançando seus próprios objetivos esportivos”, disse Emma.

Ela continua tomando analgésicos por causa das dores constantes, mas não se entrega:

“Não me vejo como uma inspiração. Eu faço minha própria inspiração. Todo mundo pode ser sua própria inspiração, você pode realizar seus sonhos”, afirmou.

Assista:

Com informações do Metro

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.