James Dean é ‘ressuscitado’ e volta ao cinema em filme autorizado pela família

James Dean - Fotos: A.J. e SHUTTERSTOCKJames Dean - Fotos: A.J. e SHUTTERSTOCK

O icônico ator James Dean – morto em 1955, aos 24 anos de idade – vai voltar às telas de cinema em breve em um novo filme.

O The Hollywood Reporter informou que produtores do filme Finding Jack conseguiram autorização da família para usar a imagem de Dean digitalmente.

A aparição do astro no filme será feita por meio da técnica de computação gráfica CGI – Computer Graphic Imagery – que vai reproduzir o corpo inteiro de James Dean com base em fotos e gravações reais do ator.

A Magic City Films, divulgou que duas empresas especializadas em efeitos especiais, a canadense Imagine Engine e a sul-africana MOI Worldwide, vão fazer o trabalho sem sobrepor a imagem dele no corpo de um dublê.

A voz dele será dublada por um outro ator.

Hollywood já recorreu à sobreposição digital de rostos de atores já falecidos esm dublês, como aconteceu em “Velozes e Furiosos 7”, com Paul Walker, que morreu em 2013 enquanto o filme era produzido.

O filme

O filme Finding Jack se passará durante a guerra do Vietnã, nos anos 1950, época em que James Dean brilhou no cinema.

Ele vai “interpretar” um papel secundário no filme, que conta a história de cães de guerra abandonados no Vietnã pelo exército dos Estados Unidos durante a guerra contra o país asiático.

“Nós procuramos pelo personagem perfeito para o papel de Rogan (personagem do filme), que tem algumas características complexas. Após meses de pesquisa, decidimos por James Dean”, afirmou à AFP Anton Ernst, co-fundador da Magic City Films e co-diretor do filme com Tati Golykh.

Os cineastas comemoraram a autorização dada pela família do artista.

“Nos sentimos muito honrados por sua família nos apoiar e tomaremos todas as precauções para garantir que seu legado, como uma das mais épicas estrelas do cinema, siga firmemente intacto”.

O quarto filme

James Dean morreu em 30 de setembro de 1955, enquanto participava das gravações de Assim Caminha a Humanidade, em um acidente de carro.

Ele estrelou apenas três filmes: “Vidas Amargas” (“East of Eden”, 1955), “Juventude Transviada” (“Rebel Without a Cause”, 1955) e “Assim Caminha a Humanidade”.

Por “Vidas Amargas” e “Assim Caminha a Humanidade”, ele foi indicado ao Oscar e é considerado um dos atores mais talentosos de sua geração.

Ele virou ícone cultural da contestação e da desilusão adolescente e do distanciamento social, depois do sucesso em Juventude Transviada, em que viveu o adolescente problemático Jim Stark.

“A família enxerga esse como o seu quarto filme, o filme que ele nunca pôde fazer”, disse Anton Ernst.

O diretor garante que “não pretende decepcionar seus fãs”.

Finding Jack tem estreia programada para 11 de novembro de 2020.

Veja um resumo da história do ator:

Com informações do B9 e IstoÉ

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.