É hoje: Mercúrio se alinha com sol e a Terra e será visto no Brasil. Ao vivo!

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

É nesta segunda-feira que vamos poder assistir a passagem do planeta Mercúrio em alinhamento com o sol e a Terra, fenômeno raro que só poderá ser visto novamente daqui a 13 anos.

Mercúrio se posicionará exatamente entre o Sol e a Terra. O show dura 5h30 e será visto o mundo todo, com exceção do centro e do leste da Ásia, Japão, Indonésia e Austrália.

As aparições estão previstas para 9h35, depois às 15h02 e ainda haverá um bônus final, às 23 hs com uma chuva de estrelas.

O pequeno planeta, que é quase três vezes menor do que a Terra, só realizará esse belo espetáculo 14 vezes no século 21. E esta será a quarta vez, sendo que a última foi em 2016.

Como

Durante o trânsito, o planeta aparece sempre na forma de uma pequena mancha escura se movendo devagar pelo disco solar.

É possível ver essa mancha pois os planetas não giram em torno do Sol completamente alinhados: há 7 graus de inclinação entre a órbita de Mercúrio e a terrestre, o que permite avistar o balé de órbitas.

 

Dicas de observação

Proteja a sua visão antes de assistir ao trânsito de Mercúrio porque o brilho do Sol pode causar danos irreversíveis à retina.

Como ele é pequeno, não dá pra ver o planeta a olho nu. Use um telescópio ou um binóculo potente — mas garanta que a sua ampliação seja de pelo menos 50 vezes.

O espetáculo tem duas partes.

A primeira ocorre às 9h35, no horário de Brasília, a borda direita do disco escuro do planeta tocará a borda esquerda do Sol.

A segunda parte ocorre às 9h37, dois minutos depois, quando Mercúrio transita pelo disco solar até atingir o ponto máximo no centro do Sol às 12h35.

A seguir, a partir das 15h02, o planeta nos dá direito a bis: novamente, ele faz os mesmos dois procedimentos, porém na ponta oposta.

E haverá um bônus logo depois, com outro fenômeno da astronomia: às 23h, veremos duas chuvas de meteoros na Constelação de Touro, causadas pelo cometa 2P/Encke.

O brinde terá atividade bem fraca, mas não faltará brilho nesse encerramento de um dia feliz para os amantes da astronomia.

Na internet

Além de observatórios físicos, será possível acompanhar pela internet, no The Virtual Telescope Project e na NASA TV.

Com informações da Galileu

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.