Restaurante emprega “nonas” em vez de chefs: sucesso

1004
Fotos: divulgação
Fotos: divulgação

Comida de chef é boa, da mama é ótima, mas da vovó é maravilhosa!

O restaurante de comida italiana Enoteca Maria, em Staten Island, Nova York, decidiu juntar “nonas” de diversas partes do mundo em vez de ter os chefs convencionais.

A casa publicou um anúncio no jornal procurando ‘donas de casa italianas para cozinhar pratos regionais‘ e conseguiu suas primeiras cozinheiras.

“Eu ainda estava construindo o restaurante e por isso pedi para que elas viessem cozinhar em minha casa. E elas trouxeram pratos e também seus maridos e alguns netos de quem estavam tomando conta. A coisa toda foi como um filme de Fellini“, contou Joe Scaravella, proprietário do restaurante ao site Oddity Central.

Ele contou que teve a ideia de colocar avós na cozinha do restaurante há cerca de 12 anos, depois de sofrer uma série de perdas trágicas.

Sua avó, sua mãe e sua irmã haviam falecido com pouco intervalo de tempo entre elas… e a ideia de ter uma avó italiana na cozinha o fazia se sentir bem.

Deu certo

Atualmente o restaurante de Nova York tem uma equipe rotativa de avós de cerca de 30 lugares diferentes ao redor do mundo, incluindo a Palestina, a República Checa, Argentina, Nigéria e Argélia.

Elas são conhecidas como “nonas” – palavra italiana que significa ‘avós’ – e se revezam em receitas culinárias tradicionais da sua respectiva cultura, oferecendo aos clientes a oportunidade de experimentar pratos novos praticamente todas as noites.

A ideia original de ter avós italianas de cozinha em vez de chefs reais evoluiu para uma celebração gastronômica da diversidade e as pessoas adoram.

Os clientes vêm de todas as partes do mundo para ver as famosas nonas da Enoteca Maria e experimentar as receitas.

Conheça as nonas no vídeo abaixo…

Com informações do Hypeness