Após bullying, estilista de 13 ensina garotas a terem autoestima

980
Foto: Reprodução|Foto: Noam Galai|Foto: Taylor Pollard
Foto: Reprodução|Foto: Noam Galai|Foto: Taylor Pollard

A adolescente Kheris Rogers, de 13 anos, tem a missão de levar autoestima a outras meninas com a mesma cor de pele.

Há dois anos, a garota sofreu bullying de colegas da escola primária por causa da pele escura.

Hoje, Kheris está sendo homenageada no Dia Internacional da Garota, por causa de uma campanha anti-bullying que se tornou viral, dirigida pela adolescente, chamada “flexin in my complexion”, (mostrando minha pele, em tradução livre).

Na época, ela pediu pra irmã mais velha Taylor Pollard, agora com 25 criar uma conta no twitter pra melhorar sua autoestima e que acabou fazendo sucesso nas redes.

“Minha irmã tem apenas 10 anos, mas já é realeza”, escreveu Pollard ao lado de duas fotos ferozes e a hashtag #FlexinInHerComplexion – uma expressão que as irmãs cresceram ouvindo da avó.

“Alguns dias depois, eu fiquei tipo, por que não criamos uma linha de roupas chamada Flexin ‘In My Complexion ?

Eu queria inspirar todos a se amarem”, disse Kheris .

“Então, minha mãe nos deu cerca de US $ 150, 600 reais, para comprar algumas camisas e confeccioná-las.

Temos, tipo, 10 camisas confeccionadas e (elas) esgotaram em um minuto”.

Assim, a linha de roupas Flexin ‘In My Complexion nasceu na garagem de sua casa. Dia após dia, ordem após ordem entrava.

“Muitas pessoas estavam nos contatando apenas para dizer que podem se relacionar com a história de Kheris – literalmente pessoas de todo o mundo”, disse Pollard.

“As pessoas da Índia enviaram mensagens para ela, até a China. Eu nem percebi que outras culturas lidam com o colorismo também.”

Kheris ainda recebe mensagens tocantes de seguidores hoje. Ela lembrou uma nota recente de uma jovem fã que também sofreu bullying e disse que a história de Kheris realmente a levantou.

“Para eu inspirá-la assim e dizer que mudei a vida dela, é como, uau”, disse Kheris. “Eu poderia mudar o futuro.”

Em setembro de 2017, Kheris se tornou a estilista mais jovem a mostrar uma coleção na New York Fashion Week.

Logo, alguns dos maiores nomes de Hollywood, incluindo a atriz vencedora do Oscar Lupita Nyong’o e a produtora e roteirista Lena Waithe, foram vistos ostentando as camisetas das irmãs com essas quatro palavras estampadas em suas frentes.

Kheris disse que ver Nyong’o, uma de suas maiores modelos, em uma camisa Flexin ‘In My Complexion a deixou sem palavras.

“Isso é algo que eu nunca sonharia”, disse ela. “Ela me ensinou a ser confiante e a nunca deixar que o que alguém diz entrar em sua cabeça.”

Hoje, Kheris usa suas redes para continuar fazendo o bem.

No final de 2017, ela se inscreveu para modelar em sua primeira campanha da Nike. ]

Em 2018, ela se uniu ao SoulPancake para uma série na Web que capacita crianças intimidadas.

Ela viajou para lugares distantes, como Praga, para receber um prêmio no Global Social Awards.

A garota também lançou uma organização sem fins lucrativos , a Kheris Rogers Foundation, com a missão de retribuir. E isso tudo antes dos 14 anos.

Kheris vê um futuro brilhante pela frente.

“O que acho que farei – bem, o que sei que farei – nos próximos 10 anos será abrir minha própria loja de roupas para que eu possa transmitir minha mensagem ao mundo, para que todos possam me ouvir”, revela.

No final de tudo, porém, Kheris quer que as jovens saibam que Flexin ‘In My Complexion é mais do que um slogan da marca. É um movimento. É uma atitude.

“Todas as manhãs, você deve se olhar no espelho e dizer o que ama em si mesma”, disse ela. “Todo dia.”

Foto: Noam Galai
Foto: Noam Galai
Foto: Taylor Pollard
Foto: Taylor Pollard

Com informações do Today

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube