‘Mulheres Eternas’ homenageia quem faz diferença no mundo

Parte das 26 homenageadas no Mulheres Eternas - Foto: divulgação
Parte das 26 homenageadas no Mulheres Eternas - Foto: divulgação

Começa na próxima segunda, 31, um evento internacional online que vai homenagear mulheres que fazem a diferença nos cinco continentes onde vivem. 10 homenageadas anônimas e 27 pesquisadoras de várias parte do mundo vão participar do evento.

Elas lutam contra a violência e o preconceito, fazem transformação por meio da economia criativa, defendem os quilombolas, a igualdade de gênero, o empoderamento feminino e se dedicam aos mais pobres, idosos, crianças com cardiopatia e pessoas com deficiência.

E, apesar das mudanças transformadoras que proporcionam, elas não estão na mídia, pouca gente as conhece, por isso elas serão homenageadas na I Conferência Internacional Mulheres Eternas, um movimento acadêmico/cultural, com transmissão pelo Youtube.

“O evento quer dar visibilidade a essas mulheres que fizeram e fazem a diferença, mas permanecem anônimas. O legado delas tem beneficiado e inspirado indivíduos, sociedades, ciência, arte e cultura, mesmo que elas não sejam devidamente referenciadas”, disse Mônica Moreira Lopes, coordenadora do evento em entrevista ao SóNotíciaBoa

‘Reconhecer a importância de sua contribuição é uma forma de corrigir a indiferença histórica. E essa, certamente, é também uma maneira de evoluirmos para uma sociedade mais igualitária e justa’, diz o site da conferência.

O evento

​As conferencistas vão falar de temas contemporâneos, como as perspectivas de gênero em direito internacional privado, a situação da mulher em períodos de isolamento social, feminicídio e violência sexual em menores, importância da arte na construção da autoestima da mulher, entre outros.

O evento, com inscrições gratuitas pela plataforma Sympla, terá 4 palestras por dia, com 15 minutos para cada conferencista. Em cada painel, haverá a apresentação de uma Mulher Eterna, com a biografia dela.

De presente, cada congressista vai ganhar um desenho digital feito ao vivo pelo artista Manu Militão, co-idealizador do projeto. A arte também estará presente no evento com homenagens de de poetas.

As homenageadas

As Mulheres Eternas foram indicadas por pessoas que as consideram referência em suas lutas.

O evento vai reunir importantes universidades de diversos países, como Centro Universitário de Brasília – UniCEUB (Brasil); Universidad de Sevilla (Espanha); o Instituto de Derecho Internacional Walter Schuking, da Universidad de Kiel (Alemanha); a Universidad de Sabana (Colômbia); Universidad de Córdoba (Argentina); e a Red Latinoamericana de Estudos e Investigaciones en Derechos Humanos y Humanitário.

Serviço

1º Congresso Online Mulheres Eternas – Ciclo de conferências internacionais
Quando: de 31 de agosto a 4 de setembro
Onde: Youtube
Inscrições gratuitas nos sites: https://www.manumilitao.com/mulheres-eternas ou www.mulhereseternas.com.br

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa