Gigantes se unem para despertar nas crianças o interesse em estudar

Foto: PixabayFoto: Pixabay

Um plano ambicioso, para despertar nas crianças e adolescentes o interesse em estudar, foi lançado nesta quarta, 28, no coração do nordeste brasileiro.

O projeto “Vozes Daqui” vai investir a partir de setembro R$ 1,5 milhão para que jovens de Goiana, na Região Metropolitana do Recife, tenham na educação um trampolim para uma vida próspera.

O projeto vai melhorar o espaço físico de nove escolas do município, beneficiar 450 alunos do ensino fundamental 2, capacitar 25 professores e gestores escolares, além de 40 lideranças e moradores da comunidade, do município.

A iniciativa, com duração de três anos é uma parceria entre a Fiat Chrysler Automóveis (FCA), a Fundação Banco do Brasil e a ONG italiana Avsi Brasil.

“É preciso facilitar o acesso de crianças, adolescentes e jovens à escola, assim como estimular a capacitação continuada de professores e o envolvimento da comunidade. Com esse trabalho conjunto, vamos atuar na melhoria da qualidade do ensino para que as novas gerações possam ter um futuro melhor”, disse o presidente da Fundação BB, Asclepius Soares.

O projeto educacional de desenvolvimento será feito por meio de ações socioculturais com atividades de mobilização e identificação de alunos e professores; pesquisa e diagnósticos participativos sobre o ambiente escolar, a história e cultura de Goiana; capacitações e formações, por meio de oficinas educativas e da Educomunicação (uso das mídias na educação); implantação de projetos de melhoria escolar, além de ações sistemáticas e permanentes de monitoramento e avaliação.

“Acreditamos que educação é fator decisivo para a promoção de igualdade social e trabalhar para o aprimoramento da educação pública em Goiana tem sido uma de nossas missões sociais desde a inauguração do Polo Automotivo Jeep há quatro anos. Com o Vozes Daqui queremos promover um ambiente harmonioso para valorizar e aumentar o interesse dos jovens pela escola e pelo aprendizado”, afirmou Fernão Silveira, diretor de comunicação Corporativa e Sustentabilidade da FCA.

Meta

Enfrentar o problema da educação é um dos objetivos do ODS, na ONU, Organização das Nações Unidas, lembra o vice-presidente e diretor territorial da AVSI Brasil, Jacopo Sabatiello.

“O último Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o número 17 da ONU, foca na parceria e implementação de alianças estruturadas por meio das ferramentas jurídicas, metodológicas, financeiras e técnicas que possam responder de forma integrada à complexidade dos problemas que hoje temos que enfrentar”, afirmou.

Juntas, as três instituições somam força para incentivar os jovens a encontrarem no estudo o caminho para uma vida mais promissora.

“Nossos projetos sociais são potencializados pelas parcerias e essas três instituições se unem com o mesmo propósito: demonstra o real compromisso social com a educação que pode ser transformadora para professores e alunos tornando-os protagonistas. Temos bastante expectativa nesse projeto que vai ser bem importante para população local, disse João Pinto Rabelo Júnior, vice-presidente de Governo do Banco do Brasil.

Investimentos

Nos últimos 10 anos, a Fundação Banco do Brasil investiu no estado mais de R$ 14 milhões em 294 projetos na área de educação. As ações foram desenvolvidas em 37 municípios e atenderam cerca de 30 mil participantes.

A FCA, por sua vez, investe em educação na região desde 2014, antes mesmo da inauguração do Polo Automotivo Jeep. O Rota do Saber já está presente em quatro municípios pernambucanos, além de outros dois paraibanos. O programa abrange 183 escolas, 1,1 mil educadores e impacta diretamente 30 mil alunos. O Rota do Saber é uma iniciativa da FCA em parceria com a produtora de autopeças Magneti Marelli, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Instituto Qualidade do Ensino – IQE, que conta com mais de R$13 milhões em investimentos.

Presente em Pernambuco desde 2009, a AVSI Brasil desenvolve, com o apoio de parceiros privados, públicos e da cooperação internacional, projetos de educação, formação de jovens, promoção do uso seguro e eficiente de energia e acesso a água e incentivo à agroecologia por meio de tecnologias sociais de convivência com o semiárido. Mais de 500 jovens, 100 organizações da sociedade civil e 300.000 famílias foram beneficiadas com os programas. Em Goiana, contribuiu com a FCA, para um amplo diagnóstico sobre o município e 15 municípios do entorno.

Mercado de trabalho

O fortalecimento do ensino público nos municípios próximos ao Polo Automotivo Jeep, em Goiana, leva educação melhor e uma alternativa às famílias da região, que antes trabalhavam nas plantações de cana-de-açúcar, cultivadas no terreno de 11 milhões de m2 onde foi construído o Polo Automotivo Jeep em 2015.

Agora os filhos dessas famílias, que tiravam o sustento da enxada, têm a oportunidade de trabalhar com tecnologia.. e pra isso precisam estudar.

Foto: reprodução / FBB

Foto: reprodução / FBB

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa – enviado a Goiana/PE a convite da FCA

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook,TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.