Famosas arrecadam US$ 7 bi para caridade

1032

Foto: divulgação
As mulheres mais ricas do mundo já arrecadaram juntas mais de 7 bilhões de dólares para causas sociais.
Elas estão na lista das 100 mulheres mais poderosas da publicação norte-americana Forbes, que desenvolvem trabalhos para ajudar pessoas menos favorecidas.

Gates
Melinda Gates, mulher de Bill Gates, criou junto com o marido a Fundação Bill & Melinda Gates, em 1998, que tem o objetivo de melhorar as condições de vida, saúde e também luta contra a pobreza.
Segundo a Forbes, o trabalho de Melinda vem inspirando grandes doadores, com campanhas segmentadas e monitoramento de dados global.
Apenas em 2012, a Fundação Bill & Melinda Gates arrecadou US$ 3,4 bilhões (cerca de R$ 7,5 bilhões).
Ela ocupa a 3ª posição no ranking das 100 mulheres mais poderosas do mundo.
 
Jobs
Laurene Powell Jobs, viúva do criador da Apple, Steve Jobs, também usa o seu dinheiro para o bem.
Com olhos na educação, fundou a Emerson Collective, organização que investe no empreendedorismo para promover a reforma social e ajudar os alunos com poucos recursos
Laurene Jobs também criou a College Track que ajuda alunos de baixa renda a ingressarem na universidade.
Sua fortuna está estimada em US$ 15,5 bilhões (cerca de R$ 34 bilhões). Na lista das poderosas, ela ocupa a 29ª posição.
 
Oprah
Com uma fortuna estimada em US$ 2,9 bilhões (cerca de R$ 6,3 bilhões), Oprah Winfrey foi considerada em 2013 a celebridade mais bem paga pela Forbes, embolsando US$ 77 milhões (cerca de R$ 169,1 milhões).
Grande parte do seu patrimônio vem dos 25 anos do seu programa de TV, além de ganhos de sua empresa de produção Harpo.
Em 2007, ela fundou a Winfrey Leadership Academy for Girls Oprah, que oferece oportunidades de educação e liderança para meninas.
A ex-apresentadora já investiu US$ 100 milhões na instituição (cerca de R$ 219,7 milhões) e ocupa a 14ª posição da Forbes.

Beyonce 
A cantora Beyonce teve sua turnê mais lucrativa do ano passado.
Junto com a sua família e a cantora Kelly Rowland, ela criou a Survivor Foundation, uma instituição de caridade que visa dar abrigo às vítimas do Furacão Katrina e também doou US$ 100 mil (cerca de R$ 220,1 mil)  para os atingidos pelo Furacão Like na área de Houston
A fortuna da “diva pop” está estimada em US$ 53 milhões (cerca de R$ 116,3 milhões).
Na lista da Forbes das 100 mulheres mais poderosas do mundo, ela ocupa a 17° posição

Shakira
Na 58ª posição no ranking das poderosas, a superstar Shakira já vendeu mais de 60 milhões de álbuns em todo o mundo.
A artista colombiana foi eleita, em 2011, presidente da Dvisory Commission on Educational Excellence for Hispanics, uma
incitava da Casa Branca de fornecer educação de alta qualidade e aumentar as oportunidades dos hispano-americanos
Shakira também é embaixadora da Unicef e criou a Barefoot Foundation para fornecer sistemas de educação infantil em todo o mundo.  A organização sem fins lucrativos abriu sua oitava escola neste ano e a sexta na Colômbia.
 
Alakija
A mulher mais rica da África, Folorunsho Alakija, fundou a RoSF (The Rose of Sharon Foundation) para ajudar crianças e órfãos.
Localizado na Nigéria, RoSF é uma instituição que projeta e executa programas que dão independência financeira e oportunidades educacionais para as viúvas, os seus filhos e órfãos.
A sua fortuna está estimada em US$ 2,7 bilhões (cerca de R$ 5,9 bilhões). Ela ocupa a 96ª posição da lista das 100 mais ponderosas.
 
Bündchen
A top brasileira Gisele Bündchen e embaixadora do PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) é membro do conselho da Rainforest Alliance, organização que trabalha para conservar a biodiversidade.
Uma das Top Models mais bem sucedidas do mundo, tem em sua conta bancária US$ 42 milhões (cerca de R$ 92,6 milhões) e foi classificada pela Forbes na 89ª posição na lista das 100 Mulheres Mais Poderosas do Mundo da Forbes.

Com informações do R7