Kate Winslet dedica prêmio a mulheres pressionadas a emagrecer

982
Foto: Andy Rain/EPA
Foto: Andy Rain/EPA

A atriz Kate Winslet, que imortalizou Titanic, fez um desabafo ao ganhar o prêmio Bafta de melhor atriz coadjuvante pela sua participação no filme Steve Jobs.

Ela dedicou o prêmio a todas as mulheres que são alvo de críticas, no caso dela, por ter sido gordinha.

“Quando era mais nova, com 14 anos, uma professora de teatro me disse que eu poderia ter algum sucesso me contentasse com os papéis de jovem gorda”, disse a atriz após a cerimônia.

“Por isso, aquilo que eu sinto nestes momentos é que todas as jovens que alguma vez foram desincentivadas por um professor, por um amigo ou até mesmo pelos pais, não deveriam dar ouvidos ao que eles dizem, porque foi isso que fiz – continuei e ultrapassei os meus medos e as minhas inseguranças.”

Esta foi a terceira vez que Kate Winslet, de 40 anos, ganhou um prêmio Bafta, depois de em 1996 ter sido premiada por Sensibilidade e Bom Senso e em 2009 por O Leitor.

Winslet também foi indicada para o Oscar por Steve Jobs, filme de Danny Boyle sobre o fundador da Apple.

Com informações do DiárioDeNotícias