Joaquin Phoenix, Brad Pitt e coreanos ganham Oscar em noite surpreendente

Foto: reproduçãoFoto: reprodução

Numa noite cheia de surpresas, quem levou a melhor foram os atores Brad Pitt, Joaquin Phoenix e a Coreia do Sul com o filme estrangeiro “Parasita”.

A premiação do Oscar se estendeu pela madrugada desta segunda-feira, na sua 92ª edição.

O ator Joaquin Phoenix ganhou o prêmio de melhor ator pelo seu Coringa, e como sempre, fez um discurso engajado e ainda citou um verso da canção do irmão, o ator e cantor River Phoenix, que morreu aos 23, em 1993.

“Quando ele tinha 17 anos, meu irmão escreveu isso. Ele disse: ‘corram ao resgate com amor, e paz será o resultado’.”

“Quando usamos amor e compaixão como nossos guias principais, nós criamos sistemas de mudança. Não quando nos cancelamos pelos erros do passado, mas quando nos guiamos para crescer, por redenção, esse é o melhor da humanidade.”

Brad Pitt

Brad Pitt ganhou o primeiro Oscar da carreira pela atuação em “Era uma vez em Hollywood”, de Quentin Tarantino.

Visivelmente nervoso e emocionado, Pitt agradeceu aos filhos, segundo ele, razão pela qual faz todas as coisas.

Atrizes

Renée Zellweger levou a estatueta de Melhor Atriz, por Judy.

Laura Dern ganhou como Melhor Atriz Coadjuvante, por “História de um casamento”.

Coreia do Sul

Parasita, o melhor filme da noite, causou surpresa por ganhar pela primeira vez em várias premiações. Uma noite histórica para o cinema do país.

O filme levou 4 estatuetas incluindo a de melhor diretor para Bong Joon Ho, melhor roteiro original e melhor filme estrangeiro.

Animação 

Hair Love, animação que mostra um pai aprendendo a arrumar o cabelo da filha, venceu na categoria de Melhor Curta Animado do Oscar.

Quem subiu ao palco para receber o prêmio foi Matthew A. Cherry, o diretor e ex-jogador da NFL, e a produtora Karen Rupert Toliver, que discutiram sobre a importante temática da obra.

Brasil

O documentário brasileiro Democracia em Vertigem, de Petra Costa, não levou o Oscar.

No tapete vermelho em Los Angeles, a diretora disse que o filme “é uma carta de amor ao Brasil” e que “a cura do Brasil depende do voto de cada um”.

Mr Elton John

O cantor e compositor Elton John se apresentou no Dolby Theater, em Los Angeles e levou seu primeiro Oscar pela canção Love Me Again, do filme biográfico que retrata a sua própria carreira, “RocketMan”.

Por Andréa Fassina, da redação do SóNotíciaBoa

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.