Golfinho solitário faz amizade com pescador durante isolamento: vídeo

Foto: Domnick Walsh
Foto: Domnick Walsh

Um golfinho solitário, acostumado com embarcações no Condado de Kerry, na Irlanda, agora segue um novo amigo pescador.

Fungie faz viagens diárias só para ter a companhia de Jimmy Flannery e vice-versa.

O pescador ficou surpreso ao perceber que Fungie, que é famoso e vive na costa oeste de Kerry desde 1983, ficou solitário sem nenhuma interação humana nos últimos dois meses por causa da pandemia de Covid-19.

A indústria de embarcações de lazer que surgiu em torno das travessuras dos golfinhos, na cidade Dingle, foi suspensa desde março por causa do bloqueio.

Flannery, que administra o Dingle Sea Safari, percebeu que o golfinho parecia triste e agora ele sai do porto de Dingle duas vezes por dia para realizar tarefas de pesca, mas, na realidade, é só pra ficar perto de Fungie.

Ele disse que o golfinho havia se adaptado à companhia humana ao longo dos anos e, como a maioria das estrelas, amava uma plateia e sentia falta quando seus fãs não estavam por perto.

O pescador brincou dizendo que esperava que ele apreciasse a companhia – e pediu brincando que não esquecesse o Sr. Flannery, quando suas legiões de admiradores retornarem, assim que o bloqueio for suspenso.

Dingle, como outros destinos de férias irlandeses, espera um boom de “estadia”, já que as famílias estão substituindo as férias planejadas no exterior por ficar em casa.

A pandemia reduziu o número de visitantes em Kerry, o condado mais turístico da Irlanda, em 80% este ano.

História

Para a Fungie, qualquer atenção será aparentemente bem-vinda. Também conhecido como Dingle Dolphin, Fungie é um golfinho-comum.

Visto pela primeira vez em Dingle no verão de 1983, ele se tornou uma sensação turística, com suas travessuras perto de embarcações .

Os biólogos marinhos ficaram surpresos com a maneira como o golfinho parecia buscar ativamente o contato humano. 

Ele interage rotineiramente com pessoas em embarcações de lazer, nadadores, surfistas e caiaques.

A idade de Fungie é desconhecida, mas os machos geralmente vivem entre oito e 17 anos.

Fungie também contribuiu para a ciência marinha, com seu gosto pelo peixe-agulha de Dingle, sendo o primeiro exemplo registrado de golfinhos comendo o peixe, também conhecido como agulha do mar.

Assista ao vídeo de Fungie que agora busca companhia, do Dingle Sea Safari :

Com informações do Independent Irlanda