Hoje tem planetas visíveis e chuva de estrelas cadentes

1317
Foto: Rad Pozniakov
Foto: Rad Pozniakov

Com todos os planetas visíveis e a chuva de estrelas cadentes, produzida pelos meteoros Leônidas, teremos espetáculo nesta terça-feira, 17.

Júpiter e Saturno serão também estarão visíveis no início da noite, entre os dias 18 e 21, bem como Marte, Netuno e Urano.

Neste período, Vênus e Mercúrio serão brilhantes o suficiente para serem vistos no início da manhã.

Leônidas

A chuva de Leonídeos será visível nesta noite até a madrugada e em todo o mundo.

Centrado ao redor do cometa Tempel-Tuttle, que leva cerca de 33 anos para orbitar totalmente a Terra, os meteoros Leônidas se chamam assim porque, do ponto onde surgem, formam a cabeça e a crina da constelação de Leão.

Os Leonídeos são célebres pelas históricas chuvas de meteoros em 1833, 1866, 1966, 1999 e 2001, quando a Terra interceptou a nuvem de detritos deixada pelo cometa Tempel-Tuttle.

Conforme a Terra passa pelas trilhas de destroços do cometa Tempel-Tuttle, você deve ver de 10 a 20 meteoros brilhantes por hora.

Como observá-los

Olhe para o nordeste a partir das 4h, abaixo da estrela Regulus.

A chuva de meteoros Leônidas deve atingir o pico entre a meia-noite e o amanhecer de 17 e 18 de novembro.

Para ver o máximo de meteoros, coloque uma cadeira de gramado, uma garrafa térmica com chá e dirija até um local que não seja muito afetado pela poluição luminosa urbana.

Você não precisará de um telescópio para ver as bolas de fogo.

O EarthSky tem um mapa de locais para observar as estrelas.

Com informações do GNN