Com bilhete, gerente de restaurante salva menino que sofria maus-tratos

Gerente Flaviane com o bilhete - Foto: reprodução / Instagram
Gerente Flaviane com o bilhete - Foto: reprodução / Instagram

Uma gerente brasileira atenta, que trabalha em um restaurante nos EUA, salvou um menino de 11 anos que sofria maus-tratos dentro de casa, a chamada violência doméstica.

Como é mãe, Flaviane Pimenta Carvalho estranhou o fato de a família ter pedido comida para todos – inclusive para a meia-irmã dele, de 4 anos – e para o garoto não. Ela perguntou o motivo. A resposta do pai foi de que ele “iria jantar em casa”.

Depois disso, Flaviane começou a reparar no menino. Ele estava com máscara e usava um casaco com capuz, que impedia ver o rosto dele, mas a gerente percebeu que havia um arranhão entre as sobrancelhas e hematomas do lado do olho e no braço do garoto.

O bilhete

Foi então que ela teve a ideia de escrever um bilhete e mostrar pra ele de longe, sem que os pais vissem, perguntando “Are you ok?” – Você está bem?, em tradução livre.

O garoto respondeu que não, com a cabeça.

Flaviane percebeu que a criança estava com medo e escreveu outro bilhete, perguntando se ele precisava de ajuda.

O menino respondeu que sim, acenando com a cabeça.

Flaviane não teve dúvida. Ela ligou para o 911, fone da polícia dos EUA e contou o que estava acontecendo.

Os policiais chegaram em seguida e constataram que a criança era vítima de violência doméstica.

A mãe e o padrasto foram presos e o garoto resgatado.

Pessoa certa, no lugar certo, na hora certa

Era o dia de folga de @flavianepimenta, mas como um funcionário faltou, ela deixou a gerência para substituí-lo no atendimento das mesas. Se não fosse isso, a agressão dos pai não teria sido descoberta.

O menino foi provisoriamente para um abrigo e Flaviane contou uma boa notícia neste fim de semana, no perfil dela no Instagram: “agora [está] com uma família que está cuidado com amor e carinho”.

O caso aconteceu no primeiro dia do ano no restaurante @mrspotatoorlando em Orlando, nos EUA.

A jornalista e apresentadora Patrícia Maldonado, que hoje vive com a família nos EUA, postou as fotos e a história no perfil dela no Instagram e escreveu:

“Por mais Flavianes no mundo!”.

Veja o depoimento da Flaviane Pimenta:

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Flaviane Pimenta (@flavianepimenta)

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa