Diretor corta cabelo de aluno para ele não se sentir inseguro na escola

Diretor corta cabelo de aluno para ajudá-lo a se sentir mais confiante na escola. - Foto: Lewis Speaks Sr.
Diretor corta cabelo de aluno para ajudá-lo a se sentir mais confiante na escola. - Foto: Lewis Speaks Sr.

Quem é educador sabe as lutas diárias na escola para conseguir maneiras empáticas de lidar com problemas de estudantes de todas as idades.

O Jason Smith, entende disso muito bem e viralizou após um ato simples, mas grandioso, com um dos jovens da escola onde trabalha. O garoto foi parar na sala do diretor após se recusar a tirar o chapéu durante uma das aulas.

Ao questionar o motivo, o menino disse que tinha acabado de cortar o cabelo. Ele contou que se sentia inseguro por não ter gostado do resultado.

Jason compreendeu a falta de confiança do aluno e se voluntariou para corrigir o corte e deixar do jeito que o menino gostava. E isso foi de uma importância muito grande para a criança.

“Eu tenho cortado cabelo a maior parte da minha vida. Joguei basquete universitário, cortei o cabelo dos meus colegas de time antes dos jogos e venho cortando o cabelo do meu filho há 17 anos. Então, eu tinha tesouras e aparadores profissionais em casa, então eu disse: ‘Se eu for para casa e pegar minha tesoura e consertar o corte, você vai voltar para a aula?’ Ele disse: ‘Sim, eu vou’ “, disse Smith.

Em entrevista ao canal ABC7, Jason contou o aluno agradeceu, pediu desculpas pelo comportamento dele e foi para a aula mais confiante e feliz.

Liderança verdadeira

Jason é diretor em uma escola de ensino médio em Warren Township, Indiana, nos Estados Unidos. Ele conta que esse tipo de insegurança dos alunos é mais que comum, por isso, precisou amadurecer bastante a posição de líder que ocupa ao longo dos anos na profissão.

“Um grande líder sempre reconhece que às vezes é necessário sair de sua zona de conforto e rotina diária para preparar os outros para o sucesso”, acrescentou o diretor.

Embora um corte de cabelo perfeito possa parecer trivial para alguns, Jason entende que, para um garoto, isso pode significar o mundo.

“Essa idade é uma época em que a aceitação dos colegas é enorme. Então, para um jovem, especialmente um jovem afro-americano, ter uma boa aparência, se representar e se apresentar é ótimo para as crianças “, disse ele.

Viral

O diretor quis compartilhar o momento no Facebook para ajudar a conscientizar outros educadores sobre a importância de reconhecer algumas necessidades dos alunos mais jovens.

Ele não esperava que o ato, que para ele é normal, viralizasse e inspirasse tantas pessoas.

Por Monique de Carvalho, da Redação do Só Notícia Boa – Com informações do ABC7