Jovem cria produto que remove óleo em animais vítimas de derramamento

O solvente remove óleo em animais atingidos por derramamento e sem prejudicar a saúde deles. Foto: reprodução Crude Spill Cleaning Co
O solvente remove óleo em animais atingidos por derramamento e sem prejudicar a saúde deles. Foto: reprodução Crude Spill Cleaning Co

Uma estudante está tentando mudar a maneira como o mundo vê a limpeza ambiental, principalmente de mares e oceanos atingidos por óleo de derramamentos.

Aos 23 anos, Raegan Reeves criou um produto sintético não tóxico, que é reciclável, biodegradável, solúvel em água e remove 90% do óleo no corpo dos animais.

Todos os testes realizados tiveram resultados muito positivos e a estudante agora busca apoio para fabricar e distribuir o solvente em larga escala.

Eficiência

Raegan é estudante de engenharia química na NC State University, na Carolina do Norte, Estados Unidos. O projeto foi criado com acompanhamento de um dos professores de Raegan, Robert Troxler.

A estudante mostra o efeito positivo do produto, principalmente, com penas de diferentes aves, que são as espécies que mais sofrem quando atingidas pelo óleo. Em todos os casos, o solvente eliminou 90% da substância já na primeira aplicação.

Hoje o produto utilizado para limpeza dos animais é o detergente de louça comum, o que não traz efeitos tão satisfatórios.

Além de possuir componentes químicos tóxicos e uma pequena porcentagem de petróleo, o detergente só consegue remover 35% do óleo preso no corpo nos animais.

A fabricação em larga escala de um produto como esse é de grande valia. O solvente consegue limpar o óleo das penas dos pássaros de forma mais rápida, mais eficiente e muito mais sustentável para a vida selvagem e o meio ambiente.

Segundo Reagan, o produto melhora significativamente as taxas de sobrevivência de animais vítimas de derramamento de óleo.

Veja um vídeo demonstrativo (é preciso ativar a legenda do YouTube):

Nas imagens observamos duas penas mergulhadas no solvente criado por Reagan e em detergente comum. O óleo se dissipa quase que imediatamente. - Foto reprodução Crude Spill Cleaning Co
Nas imagens observamos duas penas mergulhadas no solvente criado por Reagan e em detergente comum. O óleo se dissipa quase que imediatamente. – Foto reprodução Crude Spill Cleaning Co
Penas após a limpeza. A da esquerda foi utilizado o solvente de Reagam. - Foto: reprodução Crude Spill Cleaning Co
Penas após a limpeza. A da esquerda foi utilizado o solvente de Reagam. – Foto: reprodução Crude Spill Cleaning Co

Por Monique de Carvalho, da redação do Só Notícia Boa – Com informações de Balaio do Bem.