Brasil ganha a 1ª clínica popular em terapia canabinoides

1633
A clínica popular oferecerá terapia canabinoides com preços populares e atendimento gratuito. - Foto: Nara Gentil/CORREIO

Dois baianos inauguraram a primeira clínica com atendimento terapêutico, baseado no uso da terapia com canabinoides do Brasil.

A “Doutora Sativa” também oferecerá consultas a preços populares e de forma gratuita, para famílias de baixa renda.

O uso medicinal da cannabis sativa tem sido cada vez mais discutido e aplicado no Brasil. A abertura da medicina para esses tratamentos permite o controle e melhora de diversas enfermidades crônicas como o Alzheimer e outras doenças degenerativas.

Ideia

A ideia partiu do biomédico Guilherme Cardoso e da médica Beatriz Sampaio, que se conheceram em 2015 durante uma iniciação científica na USP de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo.

Na época, eles pesquisavam novas tecnologias moleculares para tratamento de Alzheimer. Durante os estudos, ambos se fascinaram pelo sistema endocanbinoide e começaram a se aprofundar no assunto.

“A gente não aprende sobre isso na faculdade. Tem o sistema endócrino, cardiovascular, mas nunca se fala do endocanabinoide”, afirma Guilherme.

Atendimentos acessíveis

Segundo Guilherme, os preços de consultas cobrados para os atendimentos particulares, foram pensados em uma média acessível.

“A gente pesquisou o preço médio aplicado [para consultas com tratamento focado em cannabis medicinal] no Brasil e ele varia entre R$ 500 a R$ 1.000”, explica o biomédico. “O valor que a população consegue arcar, em média, é de até R$ 300. É nesse preço que nos baseamos aqui”, afirmou.

Mas a Doutora Sativa também fará atendimentos gratuitos para a população de baixa renda. Hoje existe uma fila de 25 pacientes e as chamadas ocorrem de acordo com critério interno da clínica.

De acordo com Guilherme, apesar de a clínica oferecer o atendimento gratuito, é preciso aguardar, pois os tratamentos exigem medicamentos que ainda têm um custo muito elevado.

O biomédico explica que eles variam entre R$ 300 e R$ 2 mil.

Terapias

Guilherme acredita que a Dra. Sativa traz benefícios que vão além dos custos acessíveis das consultas – assim como o atendimento gratuito.

Ele explica que o acompanhamento realizado no espaço é, de fato, diferenciado. A clínica oferece três tipos de consultas: uma inicial para entendimento do caso; uma que inclui um diagnóstico feito pela equipe médica multidisciplinar; e um acompanhamento mensal do caso.

“Geralmente, os médicos prescrevem os medicamentos, mas não acompanham a jornada do paciente. Como é algo muito novo, ainda não existe um protocolo 100% definido para sua utilização”, diz o biomédico.

“Por isso, é necessário um acompanhamento mensal, capaz de identificar a dosagem correta e orientar o paciente sobre as melhores condições de armazenamento e possíveis efeitos colaterais.”.

Apesar de estar fisicamente em Salvador, a Doutora Sativa atende pessoas em todo o Brasil, através de consultas online.

Para conhecer mais da clínica, acesse o site deles.

Beatriz e Guilherme, fundadores da Doutora Sativa. - Foto: divulgação
Beatriz e Guilherme, fundadores da Doutora Sativa. – Foto: divulgação

Com informações de Correio 24 horas