Princesa renuncia mesada e vai reembolsar gastos dela com educação

Foto: HetKoninklijkHuis.nl
Foto: HetKoninklijkHuis.nl

Uma princesa da vida real e com o pé no chão. A princesa Amália, dos Países Baixos, dispensou sua mesada real e ainda anunciou que vai reembolsar os gastos feitos com a educação dela.

Amalia é a filha mais velha do rei Willem-Alexander e herdeira do trono holandês. Ela completa dezoito anos em dezembro e se sentiu desconfortável por usar a verba pública para seus gastos pessoais e de escola.

Ao atingir a maioridade, a chamada Princesa Orange, tem direito a cerca de 1,6 milhão de euros por ano de acordo com a lei. Por isso, ela comunicou sua decisão em carta ao 1º primeiro-ministro da Holanda e surpreendeu a todos.

Surpresa no Parlamento

Na carta manuscrita endereçada ao primeiro-ministro Rutte chegou à Câmara dos Representantes.

Amalia, que acabou de se formar no ensino médio, diz que não vai estudar imediatamente e que quer “explorar o mundo primeiro”.

Em sua carta, a princesa herdeira escreve que acha “desconfortável” receber benefícios, desde que “ofereça pouco em troca e outros alunos tenham muito mais dificuldade, especialmente neste tempo incerto da coroa”.

Orçamento gordo

O subsídio para a Casa Real é um tema discutido quase todos os anos no orçamento aprovado pela Câmara dos Representantes.

No período que antecedeu seu aniversário de dezoito anos, também houve uma discussão sobre as finanças da princesa herdeira. Alguns parlamentares consideram a quantia muito alta para Amalia.

O primeiro-ministro Rutte disse que entende e aprecia o movimento da princesa herdeira, enfatizando que foi “realmente sua carta e sua decisão”.

Segundo o primeiro-ministro, devemos ficar felizes com uma princesa herdeira tenha essa atitude. Ele acredita que Amalia será uma “grande rainha”.

A Carta da Princesa
A carta da Princesa Amália ao Primeiro-Ministro Rutte diz:

“Excelência, Caro Sr. Rutte, Ontem recebi a notícia de que passei nos exames finais. Espero tirar um ano sabático depois das férias de verão e depois continuar estudando.

No dia 7 de dezembro de 2021, farei dezoito anos e, de acordo com a lei, receberei um subsídio, parte como renda e parte como auxílio despesas.

Acho isso desconfortável, desde que há pouco em troca que outros alunos possam fazer, especialmente neste período difícil.

Portanto, vou devolver a renda até o final dos meus estudos. Além disso, desde que não tenha que incorrer em despesas elevadas em minha posição como Princesa de Orange, também reembolsarei o subsídio para despesas.

Eu espero que você entenda.” Fonte: Twitter @ RickEversRoyal

Abaixo a reprodução da original –

Com informações do Bright Vibes