Bailarina surda de 8 anos dá aulas de Libras para crianças: inclusão

1343
Nicole ensina Libras para outras pessoas em Fortaleza - Foto:Fábio Lima
Nicole ensina Libras para outras pessoas em Fortaleza - Foto:Fábio Lima

Nicole Lemos tem apenas 8 anos, mas é uma gigante! A garotinha nasceu surda – com surdez severa – mas isso não a impede de ser uma linda bailarina.

E além de dançar muito bem, Nicole ainda abraçou o propósito da inclusão. Ela ensina a outras pessoas – principalmente crianças – a Língua Brasileira dos Sinais (Libras).

O projeto Mãos que Educam é administrado pela mãe da Nicole, Orleanda Lemos, que também cria conteúdo para internet e também resolveu contar toda a trajetória da menina em um livro.

Balé

Orleanda disse em entrevista ao Só Notícia Boa que a rotina da Nicole é praticamente toda dedicada aos estudos e ao balé. É na dança que a garota se renova e faz o que mais ama.

Ela explica que acha incrível a forma como a filha sente a música. “Os surdos sentem a vibração da música, sentem as batidas. Por incrível que pareça, ela percebe quando um som é mais agitado. Ela tem essa percepção, o que nos deixa muito impressionados”, contou.

A mãe lembra que quando a filha era ainda muito criança, a avó a vestiu de bailarina e ela saiu dançando, simulando alguns passos. Da brincadeira, o balé passou a fazer parte da rotina da Nicole.

Libras

A Língua de Sinais também é muito significativa para Nicole. O primeiro contato dela com a Língua Brasileira de Sinais foi com um professor, que também é surdo.

A mãe conta que Nicole já se comunicava com sinais aos três anos: sinais básicos como água, comida e banheiro.

A formação bilíngue da jovem bailarina veio, porém, pela Escola Municipal de Tempo Integral de Educação Bilíngue Francisco Suderlan Bastos Mota, no bairro Itaperi, em Fortaleza.

Aulas gratuitas 

E foi do aprendizado e da paixão por Libras que Nicole resolveu passar adiante o conhecimento. Hoje ela dá aulas gratuitas para pessoas surdas, familiares ou interessados na Língua de Sinais.

Para manter o projeto, a família ainda vende objetos com a marca, como blusas.

Nicole e Orleanda também aproveitam as redes sociais para disseminar o máximo de informações sobre a surdez. Como a garota destaca no próprio perfil do Instagram, o que ela mais deseja é lutar por mais acessibilidade e respeito.

Nicole é um exemplo! Mesmo ainda pequena, ela passa uma garra e uma determinação gigantes para realizar todos os sonhos que tem.

Que você consiga ir longe, pequena!

Nicole - Foto: @nicolemos25
Nicole – Foto: @nicolemos25