Coruja gigante considerada extinta é vista pela 1ª vez em 150 anos

6414
O Shelley's Eagle Owl foi avistado por Rob Williams e Dr. Joseph Tobias no cume Atewa em Gana, na África Foto: @robsrw e @ja_tobias
O Shelley's Eagle Owl foi avistado por Rob Williams e Dr. Joseph Tobias no cume Atewa em Gana, na África Foto: @robsrw e @ja_tobias

Uma coruja gigante, considerada extinta, foi fotografada na natureza pela primeira vez em 150 anos por cientistas que trabalham em Gana, na África.

O Shelley’s Eagle Owl foi avistado e registrado por Rob Williams e Dr. Joseph Tobias no cume Atewa. (post abaixo)

É o primeiro avistamento confirmado desde a década de 1870. A coruja gigante foi descrita pela primeira vez em 1872 a partir de um espécime obtido de um caçador local em Gana.

Do tamanho de uma águia

As corujas-águia de Shelley têm olhos pretos característicos, bico amarelo e são enormes em tamanho, o que em combinação exclui todas as outras corujas da floresta africana.

“[Esta] era tão grande que no início pensamos que fosse uma águia”, disse Tobias .

“Felizmente, ela se empoleirou em um galho baixo e, quando erguemos nossos binóculos, nosso queixo caiu. Não há outra coruja nas florestas tropicais da África tão grande.”

Apesar de ver o pássaro por apenas 10-15 segundos, Williams e Tobias conseguiram tirar fotos suficientes para identificá-lo.

Veja o post:

Com informações do Sunnyskyz