Ucraniano pede Lego para filho e pedido gera onda de solidariedade

-
Por Monique de Carvalho
Compartilhar
Imagem de capa para Ucraniano pede Lego para filho e pedido gera onda de solidariedade
O pai de Andrii publicou no Facebook, pedindo Legos para o filho e pessoas de todo o mundo ajudaram - Foto: arquivo pessoal

Quando o ucraniano Andrii Sidorov, de 11 anos, precisou fugir de Kiev no final de fevereiro, ele só conseguiu levar uma maletinha, deixando para trás uma coleção de Lego que ele tanto amava.

Percebendo que o filho estava triste, Igor Sidorov, resolveu publicar no Instagram que o garotinho estava aceitando doações.

E não deu outra. De uma hora para outra, Igor começou a receber jogos inteiros de Lego para Andrii. Uma linda corrente do bem que se formou!

Refugiados

Igor saiu de Kiev com dois dos quatro filhos em 23 de fevereiro, pouco antes de a Rússia lançar o ataque à Ucrânia. Os dois filhos mais velhos – de 19 e 16 anos – ficaram para lutar na guerra. A mãe deles também permaneceu em Kiev.

E em um período de adaptação, Andrii sentiu muita falta da vida na Ucrânia. Uma das coisas que sempre pedia ao pai, era a coleção de Lego.

“Meu filho começou a construir com Lego aos 3 anos de idade”, disse Igor.

Sem manuais de instruções e usando sua imaginação, ele criava caminhões, navios e robôs. Ao longo dos anos, adquiriu milhares de peças e mostrava com muito carinho a coleção que tinha.

Sem ter condições no momento de comprar um novo Lego para o filho, Igor resolveu publicar um apelo no Facebook, pedindo para que as pessoas que tivessem jogos velhos e sem uso, pudessem doar para a família.

“Deixamos todo o nosso Lego na Ucrânia”, escreveu o pai. “Ajude-me, por favor! Precisamos de qualquer lego, de qualquer tamanho e cor em qualquer quantidade.”

E então veio a surpresa.

Onda de solidariedade

Em menos de 24 horas da publicação de Igor, dezenas de pacotes cheios de conjuntos de Lego novos e pouco usados ​​começaram a chegar no abrigo de refugiados onde a família está instalada.

“Há Lego por todo o canto. Na entrada, na sala, em todos os lugares”, contou Igor, que disse estar surpreso e emocionado com o apoio que recebeu.

Para a família, o mais espantoso foi que os Legos chegaram de todas as partes – incluindo Estados Unidos, Grã-Bretanha, Austrália e Europa.

“Agora, meu filho tem mais Lego do que antes”, disse ele.

Gratidão

Com os pacotes chegando um após o outro, Igor conta que o filho está “sempre sorrindo”.

“Todos os dias, quando ele volta da escola, ele escolhe a próxima caixa e constrói”, disse.

Igor fez questão de agradecer todo o carinho que recebeu em um post no perfil dele no Instagram.

“Obrigado a todas essas pessoas maravilhosas e muito gentis com corações muito grandes!”, publicou.

Andrii faz montagens incriveis com Lego - Foto: arquivo pessoal

Andrii faz montagens incriveis com Lego – Foto: arquivo pessoal

Legos que Andrii recebeu de desconhecidos - Foto: arquivo pessoal

Legos que Andrii recebeu de desconhecidos – Foto: arquivo pessoal

Com informações de The Washington Post