Vizinho salva garoto autista de 4 anos que se afogava na piscina: VÍDEO

-
Por Monique de Carvalho
Compartilhar
Imagem de capa para Vizinho salva garoto autista de 4 anos que se afogava na piscina: VÍDEO
O vizinho Tom pulou na piscina e salvou o menino de afogamento - Foto: reprodução

A pessoa certa no lugar certo e na hora certa! Foi a agilidade de um ex-salva-vidas que salvou a vida do pequeno Xzavier, de 4 anos. O menino é autista caiu acidentalmente na piscina do condomínio onde mora e estava se afogando.

Imagens da câmera de segurança do condomínio mostram Tom Westerhaus pulando na água depois de a criança se debatendo. Depois de tirar o garoto, Tom fez respiração boca a boca e ficou do lado dele até o socorro chegar para prestar os primeiros atendimentos.

O menino ficou debaixo d’água por três minutos e 22 segundos. “Xzavier não estava mostrando sinais de vida, estava literalmente azul por falta de oxigênio, e o Sr. Westerhaus não desistiu. Fez a diferença”, disse a policial que atendeu o caso.

O herói

A mãe do Xzavier, Alexis Rigney, de 22 anos, estava colocando a filha de 4 meses para dormir enquanto o menino brincava por perto. Ela conta que não viu quando o garoto se afastou. “De alguma forma, ele passou pela porta trancada”, disse Alexis.

A mãe explica que o menino tem autismo severo e não fala, mas sempre foi apaixonado por água. Ela contou mantém a porta do apartamento fechada, justamente para evitar que Xzavier saia sozinho para a área da piscina.

Quem viu Xavier pulando na piscina foi o filho de Tom, Maddox Westerhaus, de 12 anos, que correu para chamar o pai, que é ex-salva-vidas.

Por isso Tom seguiu tão bem os protocolos que está acostumado há 15 anos nessa profissão tão linda.

Assim, o garoto começou a reagir. “Isso foi um bom sinal, mas eu não sabia por quanto tempo mais teria que ficar ali [prestando socorro]”, conta Tom.

Reforçando a segurança

O caso aconteceu no mês passado em Kansas, nos Estados Unidos e agora, felizmente, o menino passa bem.

Alexis contou que se sente completamente agradecida pela coragem e solidariedade do Tom.

“Eu não sei o que eu faria sem ele”, disse a mãe, emocionada.

Para reforçar a segurança de casa, ela instalou alarmes nas porta.

Veja o momento do salvamento:

Com informações de Today.