As 3 fases da beleza humana: Fagundes diz não às plásticas e “será único velhinho da Globo”

-
Por Bruno M.
Compartilhar
Imagem de capa para As 3 fases da beleza humana: Fagundes diz não às plásticas e “será único velhinho da Globo”
Fagundes1_1|AF_1
Só não fica velho quem perde a batalha da vida e ambandona tudo no meio do caminho.
Envelhecer com dignidade e aceitar as marcas do tempo: este é o grande desafio da geração da plástica, do silicone, dos implantes. É ser natural, encarar que as belezas do ser humano mudam ao longo da vida.
Na adolescência, a exuberância do corpo, a elasticidade da pele, os cabelos abundantes e a expressão do rosto, sem rugas, são o que a natureza oferece pra que eles sejam notados, conquistem a vida, o amor, o mundo, com pouca bagagem intelectual e experiência de vida.
Na fase adulta a beleza a ganha contornos diferentes, maduros, corpos fortes. Informação e espiritualidade, pra quem busca. E o homem ganha atitude, aprendizado, poder de fogo, de decisão, de batalhas e conquistas.  
E quando chegam os 50 anos, 60, 70 anos? Aí a beleza passa a ter outros valores, mais importantes que a flacidez da pele. E o ser humano ganha novas armas de encantamento, que vão além da expressão facial e corporal: o equilíbrio, a serenidade, a experiência de vida, e a capacidade de discernir melhor os caminhos, de ensinar, e de compreeder do próximo. Se é preciso fazer plástica no corpo, nessa fase de tanta sabedoria, cabe a cada um decidir, com seus anseios profissionais, pessoais e afetivos. Mas há quem viva em paz consigo e sua velhice, e ache isso uma grande bobagem. 
AF_1

O ator Antonio Fagundes deu sinais de que não vai entrar no bisturi pra ficar com cara de garotão. Veja o que ele disse à revista Quem: “Talvez eu serei o único velhinho da TV Globo, porque está todo mundo fazendo plástica.”