Árvores preservadas recebem cartas de amor

611

Foto: Thinkstock
Pode parecer maluquice, mas muitas pessoas estão enviando e-mails para árvores em Melbourne, na Austrália.
E não se trata de algo sentimental. É um esforço da Prefeitura de Melbourne para gerenciar uma floresta urbana em declínio.
Por causa da seca, 40% das árvores da “cidade jardim” da Austrália estavam morrendo – ou quase – em 2009. 
Até que elas foram mapeadas, ganharam um número de registro único e os olhares da população para que fossem tratadas pelas autoridades públicas. Começava uma relação diferente entre árvores seres humanos.


“Muitas dessas árvores estavam em mau estado, e nós estávamos perto de perder até 50% da nossa população de árvores. Isso mudaria significativamente a paisagem da cidade, sua performance ambiental e a maneira como as pessoas se sentiriam na região”, afirma o vereador Arron Wood, responsável pela área ambiental.

“O que fizemos foi mapear todas as árvores na cidade…Ao fazer isso tivemos que atribuir um registro a cada árvore específica, e foi uma consequência natural permitir que nossos moradores interagissem em uma plataforma digital. E eles poderiam enviar mensagens se uma árvore tivesse com partes caindo ou em mau estado, para que pudéssemos localizá-la de forma rápida e intervir.”

Daí algo extraordinário aconteceu. Em vez de identificar árvores em risco e enviar e-mail à prefeitura, as pessoas em Melbourne começaram a mandar mensagens pessoais para as árvores.

“Querido Olmo Dourado “, escreveu um homem este mês, “finalmente te encontrei! Vejo você todo dia no caminho da universidade, mas não tinha ideia do tipo de árvore que era. Você é a árvore mais bela da cidade e eu te amo”.

Cerca de 3 mil e-mails foram enviados a árvores específicas nos últimos dois anos.

“As pessoas literalmente estão conversando com as árvores como se fossem gente, dizendo o quanto a amam, agradecendo pela proteção contra o sol, pedindo desculpas pelo xixi do cachorro durante a manhã”, diz Wood.

“Há algumas mensagens muito engraçadas, mas também e-mails tocantes.”

Houve casos de e-mails de australianos que vivem na Alemanha e nos EUA, contando às árvores sobre a falta que sentem delas.

Novidades
E novos e-mails poderão vir por aí. A prefeitura acredita que plantar mais árvores poderá reduzir as escaldantes temperaturas da cidade no verão, em até 4 graus centígrados.

Plantar 3 mil árvores novas por ano também deverá ajudar a cidade a respirar melhor. Árvores específicas já receberam e-mails de agradecimento pela absorção de dióxido de carbono da atmosfera.

Com informações da BBC
Matéria sugerida por Karen Gekker