Couro feito de chá fermentado revolucionará moda: sem mortes

1020
Fotos: divulgação|||||
Fotos: divulgação|||||

Um couro sintético, revolucionário, feio à base de chá fermentado, promete invadir o mundo da moda.

Quase idêntico ao couro animal, no visual e no tato, é possível fazer com ele roupas, malas, sapatos e diversos acessórios, sem ter que sacrificar nenhum bichinho.

A invenção é de pesquisadores da Iowa State University, nos Estados Unidos.

A descoberta foi feita quando o time de pesquisadores da universidade, liderado pela professora Young-A Lee, estudava o subproduto de colônias de bactérias e levedura encontradas na kombucha – uma bebida feita a partir da fermentação de um chá rico em cafeína.

Trata-se de uma película de composto de fibra de celulose em forma de gel que, uma vez recolhida e seca, dá origem a um material muito similar ao couro.

Como as fibras são totalmente biodegradáveis, os produtos produzidos a partir deste tipo de couro sintético têm um ciclo de vida ainda mais sustentável.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Produção

Em condições controladas por laboratório, o material leva em torno de três a quatro semanas para se desenvolver.

Apesar de não ser necessário tanto tempo para fabricar outros materiais de couro sintético, os pesquisadores acreditam que vale a pena esperar para que o composto se desenvolva, seque e seja tratado.

Eles defendem que este tecido renovável produzido a partir da celulose pode representar um futuro alternativo e mais sustentável para a moda e para a humanidade como um todo.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

couro-cha-close-4

Com informações do Conexão Planeta