Abertura das Olimpíadas do Rio teve maior ibope em 20 anos

829
Gisele Bundchen - Foto: AFP/ Franck Fife
Gisele Bundchen - Foto: AFP/ Franck Fife

Não foi só você que gostou e se emocionou. O Brasil e o mundo assistiram e aplaudiram a abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, que teve entre seus pontos altos o desfile da Top Gisele Bündchen (foto acima) ao som de Garota de Ipanema…

A noite de abertura teve média de 30 pontos de ibope em São Paulo para a Globo. O número não era visto desde 1996, quando as Olimpíadas foram realizadas em Atlanta. Os dados foram divulgados pelo UOL.

Cerca de 8,7 milhões de pessoas assistiram à transmissão pela TV.

O Comitê Olímpico Internacional tinha como previsão mundial um público de três bilhões de telespectadores para a festa.

No Brasil, além da Globo, o SBT marcou nove pontos de audiência, seguido da Record (7) e Band (3). Cada ponto no Ibope em São Paulo corresponde a 69 mil residências.

A média de audiência da Globo no Rio de Janeiro ficou em 38 pontos, seguida da Record (8), SBT (7) e Band (2).

Repercussão
A imprensa estrangeira elogiou a abertura dos Jogos Rio-2016.

No Washington Post, por exemplo, a chamada indicava que o Brasil havia “levado seu estilo sambista à cerimônia de abertura da Olimpíada de Verão”.

O jornal falou das dificuldades, mas ressaltou que na noite de sexta-feira, 5, os problemas perderam espaço para que o Rio de Janeiro pudesse expor o que faz de melhor.

A cerimônia foi narrada em tempo real pelo New York Times, que aproveitou seus correspondentes para veicular comentários e explicar alguns trechos da festa.

O The Guardian também usou o recurso do ao vivo e afirmou que a cerimônia da Rio 2016 foi “um interessante contraste com as últimas duas cerimônias de abertura”.

Com informações do Comunique-se e UOL