Projeto tira jovens das drogas e transforma em chefs

723
Foto: Horyou - reprodução / Youtube
Foto: Horyou - reprodução / Youtube

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa.

E se a gente pudesse trocar a dependência das drogas pelo prazer da comida? Pelo prazer de ser chef de cozinha, artista… de ser alguém?

Uma associação de Marrocos teve essa ideia brilhante e está conseguindo mudar o futuro de jovens pobres, desfavorecidos, ociosos, que reencontram a esperança e o gosto pela a vida.

A  AMESIP  leva esses jovens de volta para a escola, oferece formação profissional e os transforma em artistas de circo, chefs de cozinha e hotelaria.

A associação, criada em 1997 por Touraya Bouabid, pretende salvar o máximo possível de pessoas que vivem em condições difíceis e de desespero nas ruas de Rabat e Salé.

Ela os leva para o circo, ensina a arte dos picadeiros e no dia da apresentação os jovens, já treinados, preparam a comida que é servida aos espectadores.

A Horyou, parceira do SóNotíciaBoa, foi até o Marrocos registrar os passos e personagens dessa ideia transformadora, que está levando dignidade, esperança e vida nova a esses jovens.

Ideia, que aliás, pode ser copiada em qualquer parte do mundo.

Assista:

Da redação do SóNotíciaBoa