Foguete é lançado com carro a bordo, ao som de David Bowie

1067
Foto: Reprodução Space X
Foto: Reprodução Space X

Agora tem um carro no espaço com um boneco vestido de astronauta, apelidado de Starman, em homenagem a David Bowie.

O carro Tesla Roadster vermelho foi colocado em órbita, depois do lançamento bem sucedido do foguete Falcon Heavy, com transmissão ao vivo.

As primeiras imagens já foram divulgadas e em diversos ângulos.

O carro Tesla Roadster é do empresário Elon Musk, que é dono da Tesla, montadora especializada em veículos elétricos e da empresa de transporte espacial SpaceX.

O foguete classificado pela empresa como o mais potente do mundo deverá demorar seis meses para chegar à órbita de Marte.

O Falcon Heavy da SpaceX, decolou com sucesso nesta terça-feira (6) para seu aguardado voo de teste.

É o mais poderoso a ser lançado dos Estados Unidos desde os foguetes Saturn 5, da Nasa, que transportaram astronautas para a lua, 45 anos atrás.

Comemoração

Houve gritos e aplausos na base de Cabo Canaveral, na Flórida, quando o enorme foguete ligou seus 27 motores e se afastou, em meio a uma enorme nuvem.

Com o Tesla vermelho de Musk a bordo e um manequim vestido com traje espacial, o teste do enorme foguete chamou a atenção do mundo.

“A missão saiu tão bem quanto se podia esperar. Se tratou, provavelmente, da coisa mais emocionante que já vi, literalmente”, disse Musk, eufórico, aos jornalistas após o lançamento.

Transmissão com David Bowie

A transmissão ao vivo da SpaceX mostrou uma imagem do automóvel que viaja ao espaço com a frase “não entrem em pânico” no volante, enquanto a canção Space Oddity de David Bowie tocava ao fundo.

Depois do lançamento, Musk publicou um vídeo no Twitter, no qual se pode ouvir ele rindo enquanto a câmera atrás do manequim mostra o Tesla aparentemente em órbita em volta da Terra.

“Na verdade não parece real, é uma loucura”, se ouve Musk dizer.

Depois ele postou outro vídeo mostrando “uma vista ao vivo de Starman”, como chamou o manequim, com a mão no volante, atravessando o espaço escuro e com a imagem da Terra refletida na superfície vermelha do veículo.

Placas de fabricação humana

O carro levou instaladas três câmeras, uma placa com os nomes dos 6 mil funcionários da SpaceX e uma unidade de alta capacidade de armazenamento com a série de livros de ficção científica de Issac Asimov, Trilogia da Fundação, que o autor americano de origem russa escreveu entre 1951 e 1953.

Em uma das placas eletrônicas do carro, Musk mandou gravar “Feito na Terra por humanos”, caso algum alienígena trombe com o carro por aí.

Se o Tesla sobreviver, poderá entrar na órbita Marte-Terra em volta do Sol, em uma viagem que poderia durar bilhões de anos, explicou a SpaceX.

Veja as imagens divulgadas pela Space X:

Com informações do Zero Hora e G1