Islândia e Suécia: os países mais felizes e solidários

1914
Pesquisa Indice HAIN - Foto: Divulgação
Pesquisa Indice HAIN - Foto: Divulgação

A Suécia e a Islândia são os países mais felizes da Europa porque são muito grandes no ‘apoio social’.

A análise é de um novo índice desenvolvido por cientistas da Universidade de Valência, na Espanha.

Eles criaram o Happiness Index, chamado HAIN. O estudo usa dados oficiais de fontes como a ONU, o Banco Mundial de Dados e o Eurostat.

Os cientistas testaram o índice em 13 países europeus que tinham os dados desejados disponíveis: Áustria, Croácia, Chipre, República Tcheca, França, Islândia, Letônia, Lituânia, Portugal, Eslovênia, Espanha, Suécia e Reino Unido.

Como

Pelo sistema, para julgar a satisfação de uma nação, é preciso se basear em estatísticas oficiais e não em questionários respondidos por alguns da população.

Dados sobre o desenvolvimento de um país, como liberdade, solidariedade, justiça e paz são medidos para construir rankings e descobrir como as pessoas podem ser mais felizes.

Dos 13 países em que o índice foi testado, a Islândia e a Suécia estão no topo, com 76 em 100 pontos.

A Áustria ocupa o terceiro lugar, com 74, e o Reino Unido, com 69.

Os especialistas esperam que a análise dos países dessa forma possa ajudar a desenvolver estratégias para que as nações melhorem a felicidade das pessoas.

Com informações do Daily Mail