Primeiro avião elétrico é testado com sucesso no Canadá

Foto: divulgaçãoFoto: divulgação

A primeiro avião comercial totalmente elétrico do mundo fez história ao pousar após um vôo de teste bem-sucedido, em Vancouver, Canadá.

O vôo inaugural de 15 minutos foi realizado pela Harbor Air, a maior companhia aérea de hidroaviões da América do Norte, e pela magniX, a empresa que impulsionou a revolução da aviação elétrica.

O ePlane, um DHC-2 de Havilland Beaver, decolou do terminal da Harbor Air Seaplanes em Richmond com seis passageiros, movido por um sistema de propulsão magni500 de 750 cavalos de potência (560 kW).

Nova era

O CEO e fundador da Harbor Air, Greg McDougall, que pilotou o avião para seu voo histórico, disse que a jornada significa o início da terceira era na aviação: a era da eletricidade.

“Hoje fizemos história”, disse Greg McDougall, CEO e fundador da Harbor Air Seaplanes.

“Estou incrivelmente orgulhoso do papel de liderança da Harbor Air na redefinição da segurança e inovação na indústria de aviação e hidroaviões.

O Canadá tem desempenhado um papel icônico na história da aviação, e fazer parte desse incrível marco mundial é algo de que todos podemos nos orgulhar. ”

Parceria inovadora

No início deste ano, a Harbor Air anunciou sua parceria com a magniX e a intenção da empresa é construir a primeira frota de hidroaviões comerciais totalmente elétrica do mundo.

O magni500, que foi apresentado no Paris Air Show em junho de 2019, é um sistema de propulsão elétrica de alta densidade de potência que fornece uma maneira limpa e eficiente de alimentar aviões.

História

“Em dezembro de 1903, os Irmãos Wright lançaram uma nova era de transporte – a era da aviação – com o primeiro voo de uma aeronave motorizada.

Hoje, 116 anos depois, com o primeiro voo de uma aeronave comercial totalmente elétrica, lançamos a era elétrica da aviação ”, disse Roei Ganzarski, CEO da magniX.

“O setor de transporte e, especificamente, o segmento de aviação que, em sua maior parte, está estagnado desde o final da década de 1930, está propenso a uma ruptura maciça.

Futuro elétrico

Agora, estamos provando que o transporte aéreo comercial elétrico, de baixo custo e ambientalmente amigável, pode ser uma realidade em um futuro muito próximo. ”

O próximo passo da MagniX e a Harbour Air é a certificação e aprovação do sistema de propulsão e a modernização das aeronaves.

Após a conclusão da certificação, o restante da frota pode ser ampliado com a tecnologia de propulsão totalmente elétrica da magniX.

Com informações do GNN

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.