Empresários doam quase 100 milhões para combate ao coronavírus em SP

São Paulo - Foto: Pixabay
São Paulo - Foto: Pixabay

O setor privado colocou a mão no bolso e se uniu ao governo de SP no combate ao coronavírus. Juntos, 28 empresários doaram R$ 96 milhões.

O anúncio foi feito pelo governador do Estado, João Doria, nesta segunda-feira, 23.

A doação em dinheiro, equipamentos e suplementos para os sistemas hospitalar, de saúde e de segurança pública, ocorreu após uma reunião virtual de um comitê empresarial que reuniu 132 empresários.

De acordo com Dória, serão doados:

  • 345 respiradores e monitores para implantação no Hospital das Clínicas
  • R$ 4 milhões para a compra de equipamentos hospitalares
  • cem mil máscaras cirúrgicas no valor de R$ 300 mil
  • R$ 25 milhões para apoio com logística e serviços
  • R$ 1 milhão para montagem de hospital de campanha em parceria com o Hospital das Clínicas da Unicamp, em Campinas, com capacidade para 100 leitos

Além disso, estão previstas a viabilização de dois centros de acolhimento em escolas estaduais de Paraisópolis, na zona sul da capital paulista, com mais de mil leitos, para atender pessoas com sintomas da covid-19 e R$ 1 milhão para apoio a pequenos e microempreendedores.

Alimentos

O dinheiro também vai a ajudar a alimentar pessoas necessitadas.

O governo de São Paulo anunciou que vai repassar:

  • R$ 7 milhões em alimentos e R$ 1 milhão em refeições prontas,
  • R$ 5 milhões em cestas básicas e itens de primeira necessidade para comunidades carentes,
  • um milhão de litros de álcool 70%,
  • 150 mil litros de álcool que serão transformados em álcool em gel,
  • R$ 5 milhões em álcool em gel e
  • R$ 1 milhão em produtos de limpeza e higiene pessoal.
  • Além disso, o Bom Prato passará a distribuir as refeições prontas em embalagens descartáveis para consumo em domicílio.

Outras medidas

Serão captados e distribuídos 275 mil kits de limpeza para residências, higiene pessoal, cestas básicas, água potável e gás para locais de grande adensamento populacional, como favelas.

Serão captados 10 mil kits de camas e insumos para preparação de alojamentos provisórios para isolamento de pessoas com sintomas de covid-19.

Serão distribuídos kits de EPI para as equipes que fazem acolhimento a idosos em instituições de longa permanência – tanto estaduais quanto municipais.

Como doar

Qualquer pessoa pode contribuir com o Fundo Social de São Paulo (FUSSP), que concentrará as doações em dinheiro.

Veja como contribuir no hotsite do coronavírus.

Hospital de Campanha

Nesta segunda, 23, São Paulo se adiantou à pandemia do coronavírus e começou a transformar o Estádio do Pacaembú em hospital de campanha para atender às vítimas do coronavírus

Assista:


View this post on Instagram

São Paulo se adianta à pandemia do coronavírus com responsabilidade e começa a transformar o Estadio do Pacaembú em hospital de campanha para atender às vítimas do coronavírus. O vídeo foi postado pelo jornalista esportivo @nivaldodecillo nesta segunda, 23 e mostra a criatividade e a proatividade paulista para enfrentar o problema como se deve e antes que ele cresça. 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼 #fiqueemcasa #sonoticiaboa #goodnews #coronavirus #pandemia #quarentena #pacaembu #hospitaldecampaña #hospital #Repost @nivaldodecillo ・・・ Jamais pude imaginar esta cena, um dia na minha vida. O #estadiodopacaembu sendo transformado em um hospital de campanha para atender às vítimas dó #coronavírus

A post shared by Só Notícia Boa (GoodNews-Br) (@sonoticiaboa) on

Com informações do R7 e SnB

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no: