Cão recebe diploma honorário por ajudar em hospitais

Moose e seu dono Foto: VT
Moose e seu dono Foto: VT

A Faculdade de Medicina Veterinária da Virginia Tech celebrou a aula de 2020 online com um formando diferente: um cão chamado Moose.

O labrador de 8 anos de idade participa de jogos de futebol, eventos de clubes, e também ajuda os alunos a lidar com a ansiedade, traumas e outros problemas de saúde mental. 

Moose recebeu um doutorado honorário em medicina veterinária na última sexta-feira, 15.

Ele, que está na Virginia Tech desde 2014, é um dos quatro animais de terapia e embaixadores da escola para conscientização da saúde mental.

Em tempos de covid, ele continua ajudando aos alunos online. (veja abaixo)

A ajuda

O filhote já ajudou a milhares de estudantes em mais de 7.500 sessões de aconselhamento, de acordo com seu proprietário, conselheiro licenciado Trent Davis.

Davis, que trabalha na Universidade há 10 anos, lançou o programa de terapia assistida por animais da escola para oferecer aos alunos outra forma de conforto.

“Alguns humanos não tiveram a melhor experiência com outros seres humanos, nem mesmo com outros cães. Nos dois casos, Moose dá segurança e é reconfortante na sala”, disse Davis à CNN.

“Esses estudantes veem Moose como alguém que os aceita. Eles não se preocupam com ele julgá-los.”

Covid

Embora a pandemia de coronavírus tenha dificultado a visita dos estudantes a Moose e aos outros cães para sessões de terapia, Davis disse que o centro agora oferece um horário de consultório aberto virtualmente, durante uma hora, três dias por semana.

Davis também realiza reuniões presenciais, se um aluno estiver passando por uma crise ou emergência e pede para ver um dos cães.

Foto: Virginia Tech

Com informações da CNN.com