Dona Cadu das cerâmicas faz 100 anos e fala da força da alegria: vídeo

Dona Cadu, 100 anos - Fotos: reprodução / Instagram
Dona Cadu, 100 anos - Fotos: reprodução / Instagram

“Tristeza comigo nunca morou”, diz Dona Cadu das cerâmicas, uma brasileira linda que acaba de completar 100 anos.

Em um vídeo postado no Instagram a artesã aparece trabalhando e dá lições inspiradoras sobre como se manter firme e forte nessa idade. (assista abaixo)

‘Eu tô fazendo 100 anos, graças a Deus… O segredo é não andar triste, é andar alegre, comer bem, dar boas risadas (cai na gargalhada). O segredo é esse! Tristeza comigo nunca morou (gargalhada de novo). Pra que tristeza?”, questionou a brasileira centenária.

Ela diz que está um pouco triste porque os filhos não puderam ir visitá-la por causa da pandemia do coronavírus, mas logo emenda com alegria: “isso vai passar!”

História

Dona Cadu nasceu no dia 14 de abril de 1920 em São Felix e há muitos anos mora no distrito de Coqueiros, Maragojipe, na Bahia.

O nome dela é Ricardina Pereira da Silva, mas ficou popularmente conhecida como Dona Cadu, a mais antiga ceramista em atividade na região.

A idosa até hoje dá vida a panelas, pratos e outros utensílios feitos com barro, de modo artesanal.

E trabalha todo dia e adora samba!
Dona Cadu é dona do Samba de Roda Filhos de Dona Cadu.

Quem a conhece diz que é uma figura inesquecível, afetiva, simpática, carismática, feliz e faz amigos e admiradores por onde passa.

Assista:

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa