Jolie faz doação surpresa a crianças que vendem limonada: ajuda humanitária

Foto: reprodução instagram
Foto: reprodução instagram

Angelina Jolie doou uma quantia não revelada a duas crianças britânicas que vendem limonada em Londres, pra ajudar pessoas que sofrem com a crise humanitária no Iêmen, país do Oriente Médio assolado por distúrbios civis há décadas.

Os garotinhos de 6 anos, Ayaan Moosa e Mikaeel Ishaa tiveram a ideia de montar uma barraquinha, em julho, após descobrirem a situação daquele país.

O pai de Ayaan Moosa, Shakil Moosa, de 37 anos, disse à CNN que a estrela de “Malévola” contatou a família por meio de um agente há três semanas e se ofereceu para fazer uma doação.

Meta

Até agora, os meninos ajudaram a arrecadar um total de 70 mil libras, quase meio milhão de reais, contando também com o valor arrecadado com a doação de amigos, familiares e uma vaquinha on-line.

Agora eles querem chegar a 150 mil libras, quase 1 milhão de reais.

Jolie também enviou às crianças uma carta agradecendo pelos esforços e se desculpando por não poder estar presente para comprar a limonada.

Gratidão

“Ela é tão incrível. É surreal – ela não é apenas uma estrela aleatória, você está falando sobre um dos maiores nomes do planeta, então é impressionante”, disse Moosa. “Ela é fenomenal.”

Em um vídeo no Instagram, as crianças agradeceram a atriz. “Oi Angelina, sou Ayaan. E eu sou Mikaeel. E nós somos os rapazes da LemonAid. Queríamos apenas agradecer por doar para a nossa causa”, disseram eles no vídeo.

Eles afirmaram que ficariam felizes em vender um copo de limonada à atriz na próxima vez que ela for em Londres. (vídeo abaixo)

Representante dos refugiados

Jolie, que é enviada especial para o ACNUR, a Agência para os Refugiados da ONU, já falou anteriormente sobre o conflito e a pobreza no Iêmem.

Desde 2015, uma guerra civil de cinco anos colocou os rebeldes Houthi contra o governo internacionalmente reconhecido, que tem o apoio dos Emirados Árabes Unidos e da Arábia Saudita, matando cerca de 112.000 pessoas.

Estima-se que metade da população do Iêmen corre o risco de passar fome. São milhões de pessoas famintas ou desnutridas.

O país também foi atacado por doenças, com dezenas de milhares de pessoas contraído cólera – e agora há preocupações de que possa sofrer um dos piores surtos de coronavírus do mundo.

Meninos sensibilizados

Depois que Ayaan e Mikaeel ouviram sobre a situação das crianças no país, eles quiseram ajudar, contou o pai de Ayaan.

“Eles ficaram pasmos com o fato de as pessoas viverem assim. É a primeira vez que perceberam que nem todo mundo está vivendo como eles”, disse Moosa.

“Eles estavam ansiosos para fazer algo … e decidiram que quaisquer centenas de libras que ganhássemos, doaríamos para uma instituição de caridade.”

Veja o agradecimento e o convite feito a Jolie:

 

View this post on Instagram

 

Thank you so much for the message Angelina Jolie 💙 #yemen #lemonaidboys #yemencrisis #angelinajolie

A post shared by Ayaan & Mikaeel (@lemonaidboys) on

Com informações da CNN