Artista encobre pichações de ódio com grafites de comida e faz sucesso

Grafite encobre suástica - Foto: Instagram
Grafite encobre suástica - Foto: Instagram

Um artista está encobrindo pichações de ódio com grafites coloridos de comidas, em Verona, na Itália.

Pier Paolo Spinazzè, conhecido como “Cibo”, tem 36 anos e há 15 anos limpa pensamentos odiosos espalhados pela cidade.

Paredes sujas com pichações e insultos, viram frutas, vegetais, queijos, doces, tudo bem colorido.

Uma parede coberta com suástica, por exemplo virou um bolo colorido. Outra com vários insultos foi transformada em morangos e melancias.

Depois dos murais Pier Paolo começou a receber convites para pintar paredes sujas de Milão, sul da Itália, a Paris

Ele se sente honrado com o trabalho para combater a “decadência” das cidades.

“Sinto que é meu dever cívico, tenho que cuidar da minha cidade, e também me sinto no direito, quando faço arte pública, de apagar os insultos e a degradação”, afirmou ao TG3.

A obra mais recente de Paolo que encobre insultos com comida, foi encomendada pela associação Apo Scaligera, de Zevio, e se tornou o maior mural do Veneto, em homenagem à associação, cooperativa de frutas e vegetais.

Nas paredes nuas apareceram gramados, cestas de piquenique, galinhas, abelhas e, claro, frutas, vegetais e o final das obras foi comemorado com uma grande festa de inauguração.

O prefeito e o vice-prefeito estiveram presentes e elogiaram a associação e o artista por terem embelezado o território.

Pier Paolo Spinazzè - Fotos: Instagram
Pier Paolo Spinazzè – Foto: Instagram


Com informações do TG3 e Positizie