Médico africano inspira com ‘antes e depois’: da pobreza pra Harvard

Foto: reprodução Twitter
Foto: reprodução Twitter

Um jovem médico africano, que saiu de Camarões e se formou em Harvard, compartilhou a história dele no twitter e está inspirando milhares de pessoas.

Desmond Jumbam tem 27 anos e participou de um desafio popular na rede social, do antes e depois na vida.

Ele postou a história em 11 de outubro e ela simplesmente viralizou, com milhares de curtidas e compartilhamentos.

Na foto de  ‘Como tudo começou’ você pode ver a casa em que ele viveu desde os cinco anos em Yaoundé, Camarões, que mostra a situação de extrema pobreza em que vivia com a família.

Já na segunda foto, você pode ver o crachá dele da famosa Universidade de Harvard. (foto acima)

Trajetória vitoriosa 

O jovem acumulou um grande número de realizações acadêmicas e profissionais.

Ele é consultor de Políticas de Saúde da organização internacional sem fins lucrativos para fissura labiopalatina chamada Operação Sorriso.

Desmond também é formado em ciências biológicas na Taylor University e tem mestrado em Saúde Global pela University of Notre Dame.

Além disso, ele passou três anos trabalhando na Harvard Medical School no Programa de Cirurgia Global e Mudança Social, como assistente de pesquisa, analista de políticas de saúde e como coordenador de projetos.

Gratidão

Desmond ficou muito animado com as centenas de mensagens que recebeu de pessoas ao redor do mundo com palavras de gentileza e incentivo para ele seguir em frente com todos os seus projetos.

“Este Tweet está incompleto sem reconhecer as pessoas que acreditaram em mim e que fizeram sacrifícios para que eu pudesse chegar onde estou;

minha mãe, meu pai, tias, tios, família, amigos, professores, professores universitários e até estranhos. Uma longa lista.

Tenho a responsabilidade de informar isso”, disse o jovem médico no post.

“Chegar a Harvard nunca foi meu sonho ou propósito. Eu nunca tinha ouvido falar em Harvard.

Meu objetivo sempre foi encontrar o melhor caminho para adquirir habilidades e capacidades para melhorar os sistemas de saúde pra pessoas na África.

Harvard acabou sendo uma rota para chegar lá”, finalizou.

O Desmond é SóNotíciaBoa! Compartilhe essa história pra chegar a outras pessoas.

Fotos: Twitter
Fotos: Twitter

Com informações do Nation