Idosa de 102 anos vence Covid pela segunda vez

3096
Angelina Friedman venceu Covid-19 pela 2ª vez - Foto: arquivo pessoal
Angelina Friedman venceu Covid-19 pela 2ª vez - Foto: arquivo pessoal

É impressionante a força da dona Angelina Friedman. Aos 102 anos, ela acaba de vencer a Covid-19 pela segunda vez!

A idosa da saúde de ferro mora em uma casa de repouso que foi atingida pela segunda onda da doença, em Nova York, nos Estados Unidos.

A primeira vez que dona Angelina pegou o novo coronavírus foi em março.

Em entrevista ao site WPIX, Joana Merola, filha da idosa, conta que o asilo teve mais um surto de coronavírus, e a mãe voltou a apresentar sintomas como febre e tosse.

A infecção foi confirmada com um teste, e Angelina foi colocada em isolamento.

Felizmente, duas semanas depois, ela passou por outro exame. E para alegria de todos, deu negativo, ou seja, o corpo dela conseguiu vencer a doença.

“Ela tem uma vontade de ferro de viver e tem um DNA de super-humana. Pode não ser a pessoa mais velha a sobreviver à Covid-19, mas pode ser a mais velha a sobreviver duas vezes”, afirma Joana.

Angelina certamente será um caso raro a ser estudado porque, até onde se sabe, a Covid-19 é mais perigosa para idosos com mais de 75 anos.

Além disso, muita gente ainda acha que não pega duas vezes!

E ela, além de ter 102 anos, é prova de que pega sim.

Dona Angelina tem outras vitórias no currículo: já sobreviveu à gripe espanhola e a um câncer.

Que saúde é essa? Benza Deus!!!!

Com informações do WPIX e Metrópoles