Vacinação contra Covid será presente de Natal no México e Chile

918
Vacina da Pfizer - Foto: Aaron Chown / WPA Pool / Getty Images
Vacina da Pfizer - Foto: Aaron Chown / WPA Pool / Getty Images

A vacinação vai começar na América Latina e será dada como presente de Natal no México e o Chile. A população começa a ser vacinada neste dia 24, véspera de Natal, contra a Covid-19.

O anúncio foi feito em rede nacional pelo subsecretário de Prevenção e Promoção de Saúde do México, Hugo López-Gatell Ramírez.

Como eles conseguiram? É que o México foi o primeiro país da América Latina a aprovar o uso emergencial da vacina da Pfizer contra a Covid, no dia 11 de dezembro.

A cidade do México recebeu nesta quarta, 23, um carregamento com 1,4 milhão de doses da vacina da farmacêutica Pfizer, em parceria com a alemã BioNTech.

“As vacinas estarão protegidas até o início do uso nesta quinta-feira, 24 de dezembro, dia do início da vacinação. A vacina será universal, gratuita e voluntária”, declarou o vice-ministro.

O país receberá mais vacinas, no total de 34,4 milhões de doses, até 31 de janeiro, segundo o chanceler do país, Marcelo Ebrard.

Chile

Já no Chile o presidente Sebastián Piñera, anunciou que as primeiras 10 mil doses da chegarão ao país na madrugada desta quinta, 24.

“Estamos prontos e preparados para poder iniciar o processo de vacinação. Isso significa que a partir de amanhã o Chile começa seu processo de vacinação”, disse Piñera.

Ele afirmou que as primeiras doses serão destinadas aos profissionais de saúde.

Covid nos dois países

O México teve mais de 1,3 milhão de casos confirmados até essa terça-feira. Mais de 119,4 mil pessoas morreram por causa de complicações causadas pela doença.

Já o Chile tem 589,1 mil casos confirmados do novo coronavírus e 16,2 mil mortes.

Vacina da Pfizer - Foto: Nicolas Economou / NurPhoto / Getty Images
Vacina da Pfizer – Foto: Nicolas Economou / NurPhoto / Getty Images

Com informações de Metrópoles