Ambev transforma 327 T de resíduos do Carnaval de 2020 em 2 mil lixeiras

2671
Campanha #QueridoLixo da Ambev - Foto: divulgação
Campanha #QueridoLixo da Ambev - Foto: divulgação

Que ação legal! Sabe aquele lixo produzido durante o Carnaval de 2020? Parte dele foi coletada, reciclada e transformada em lixeiras sustentáveis de rua! Agora elas serão doadas.

Sabe o que a Ambev (@Ambev) fez para ir #AlémDosRótulos? Em parceria com diversas ONGs, durante o Carnaval, reuniu 3 mil catadores, que recolheram 327 toneladas de resíduos em diversas cidades do país. Agora esses resíduos estão sendo transformados em 2 mil lixeiras novinhas em folha. (Assista ao vídeo abaixo)

“Esses materiais estão sendo reciclados para terem um novo ciclo. O que era vidro virou um novo vidro. As latas viraram novas latas. E tudo que era plástico será transformado em 2 mil novas lixeiras.

Assim, o que era lixo um dia, volta pra deixar as cidades mais limpas”, contou a Ambev no Instagram.

Orgulho

Carla Leonice sabe do valor desse trabalho. Ela vive da reciclagem para sustentar a família em São Paulo e foi uma das colaboradoras do projeto:

“Por mais que às vezes eu não me sinta valorizada pela sociedade, é ótimo saber que o que eu coletei vai ter uma nova vida”, disse.

O Alison de Paula, que vive da coleta de material reciclável desde que ficou desempregado em 2015, tem a mesma consciência.

“É muito legal e me deixa muito feliz fazer a minha parte para ajudar o meio-ambiente”.
O lixo plástico é um dos maiores responsáveis pela poluição no mundo e leva mais de 450 anos para se decompor no meio ambiente.

“Por isso, estamos fazendo diversos projetos para reduzir os nossos impactos e nos comprometemos a acabar com a poluição plástica de nossas embalagens até 2025”, informa a Ambev.

A holding fez uma animação em vídeo para inspirar, informar e mostrar a importância do processo de reciclagem.
“O filme #QueridoLixo foi lançado para contar essa história também é feito com material reciclado e será reciclado ao final da ação”, concluiu.

Bela ideia para ser espalhada não acha? Assista ao vídeo:

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do Só Notícia Boa